Foto de Ketut Subiyanto em Pexels

Independentemente da idade, localidade ou opinião política, quase todas as pessoas que usam as redes sociais já compartilharam algum meme. Basta alguns minutos na internet para comprovar como esses conteúdos em tom de brincadeira estão presentes.

As fotos pessoais são postadas como uma forma de se mostrar para os outros e as notícias servem para informar a rede de contatos. Mas e os memes? Qual é o intuito por trás do compartilhamento deles? Segundo pesquisa conduzida pelo time de roleta online da Betway, diversas razões explicam a popularidade dos conteúdos. Veja só!

Motivos que levam as pessoas a postarem memes

Atualmente, os memes representam uma maneira muito mais divertida e dinâmica de as pessoas se expressarem na internet. Caso eles não existissem, os usuários iriam publicar apenas textos – o que poderia não chamar tanto a atenção dos amigos.

Segundo este levantamento da Betway, com informações da Globosat, 85% dos brasileiros consomem memes na internet. Além disso, 73% dos internautas conheceram algum fato político por causa dessas brincadeiras. Ou seja, elas não servem apenas para passar o tempo, mas também para despertar a curiosidade e levar à informação.

No entanto, o aspecto humorístico é ainda o principal motivo de os memes serem tão populares. Do total de entrevistados, 75% afirmaram que os memes ajudam a aliviar o estresse do dia a dia.

Aliás, quando o assunto é compartilhamento, o humor também é apontado como uma das maiores razões para que os usuários postem um meme. De acordo com a pesquisa, 79% postam o que acham que é engraçado e, consequentemente, poderá divertir outras pessoas.

Para 51%, o meme é uma maneira de expressar opiniões. Em uma época tão polarizada, muitos estão encontrando nas brincadeiras uma forma de mostrar o que pensam, sem precisar recorrer apenas aos “textões” – conteúdos maiores e que geram polêmica.

Porém, isso não quer dizer que os memes não possam ser polêmicos. Para 25%, o motivo principal de compartilhamento é exatamente o fato de o conteúdo ser polêmico. Já para 21%, a possibilidade de gerar repercussão é o que os levam a postarem algo ou não.

Sabia que o meme também é uma forma de se aproximar das pessoas e quebrar o gelo das conversas? A pesquisa mostrou que 45% do público usa esses conteúdos com o intuito de deixar as conversas mais leves. Já 43% assume que as brincadeiras são uma ferramenta para mandar indiretas, ou seja, dizer algo de maneira subliminar.

O que se percebe é que os memes são contagiantes e ainda têm muito para crescer. Até porque, eles nascem de maneira espontânea, em várias situações do dia a dia. Pode-se dizer que hoje eles ocupam o lugar que antes eram dos vídeos de pessoas caindo, por exemplo. No entanto, como podem ser referentes a diversos assuntos, os memes possuem muitas mais possibilidades. Da mesma forma que as redes sociais não têm data de validade, pois a tendência é que as próximas gerações também se comuniquem assim, os conteúdos de cunho humorísticos continuarão existindo, seja para ajudar na comunicação, distrair ou gerar polêmica.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.