“Por que eu me odeio?” É uma pergunta que você provavelmente fez enquanto tomava banho ou quando estava preso no trânsito com muito tempo para pensar.

Não sinta que há algo errado com você por ter esses pensamentos, porque todos nos sentimos inseguros de vez em quando. Todos nós nos perguntamos se somos bons o suficiente. Todo mundo tem dificuldade em dormir em algum momento porque não consegue parar de pensar nos erros que cometeram. Se você se odeia, você não está sozinho. Seus pensamentos são mais comuns do que você pensa.

Por que eu me odeio?

Seu passado pode ser a razão pela qual você se odeia. Se você não pode superar uma mágoa ou uma rejeição de anos atrás, é fácil se sentir mal por si mesmo. Suas lembranças mais sombrias podem deixá-lo preocupado de tudo se repetir. Você também pode estar se cercando de pessoas tóxicas, que fazem você se sentir perdido e inseguro. Se a pessoa que você está namorando ou seu melhor amigo ou seus pais zombarem de você pelas coisas que você gosta ou lhe der críticas indiretas, então você vai se questionar. Se perguntará se há algo errado com você, já que alguém que supostamente ama você trata você tão horrivelmente e te faz se sentir diminuída.

Você pode se odiar porque se sente solitário e isolado, como um estranho. Porque você tem dificuldade em conversar com outras pessoas. Porque está preocupado de nunca ter amigos e vai morrer sozinho. Você pode se odiar porque você é um overthinker. Alguém que repete cada conversa em sua mente mil vezes até se lembrar de um momento em que tropeçou em suas palavras ou contou uma piada sem rir.

Mesmo que os pensamentos desagradáveis em sua cabeça pareçam que são verdadeiros, você tem que lembrar que seu cérebro é capaz de pregar peças. Você pode ser seu pior inimigo. Você nunca iria falar com outra pessoa do jeito que você fala para si mesmo.

Por que me odiar é perigoso?

Quando você se odeia, você se contenta com menos do que merece. Você pode entrar em relacionamentos insalubres e permanecer por muito mais tempo do que deveria, porque sente que nunca mais vai encontrar amor. Você pode se contentar com um trabalho que te deixa infeliz porque não acha que tem o que é preciso para alcançar seus sonhos e nem mesmo tentar.

Quando você se odeia, é mais provável que você se castigue. Você pode fazer isso fumando ou bebendo ou se machucando. De qualquer forma, é um caminho perigoso. Você pode acabar com um vício ou com um contato próximo com a morte. Quando você se odeia, acidentalmente magoa outras pessoas.

Quando você se odeia, você tem dificuldade em aceitar o amor e aceitar elogios. Você se sente como se alguém estivesse jogando um truque em você quando eles agem muito bem, porque você não acredita que merece gentileza. Você afasta os outros por acidente porque está se preocupando em se machucar novamente.

Como posso parar de me odiar?

Falar positivamente para si mesmo e sobre si mesmo é o primeiro passo para se amar. Pratique dizendo mantras no espelho como: “Eu sou inteligente. Eu sou forte. Eu sou bonita. Eu sou bom o suficiente. Também pode ser útil criar uma lista de todos os seus traços positivos. Anote tudo o que você gosta sobre sua aparência e sobre sua personalidade. Em seguida, anote algumas lembranças positivas sobre quando você fez a coisa certa, quando se orgulhou.

Você tem que parar com o seu mau hábito de se comparar com todos que conhece e tem que se lembrar que ninguém é perfeito – nem mesmo as pessoas que você gostaria que fossem mais. Eles têm suas próprias inseguranças. Eles apenas os mantêm escondidos. Eles podem estar sofrendo tanto quanto você, mas você nunca saberia a diferença.

Outra regra importante é apenas cercar-se de influências positivas. Corte a toxicidade do seu mundo. Certifique-se de associar-se apenas com pessoas que te elevam mais e se livrar dos amigos falsos e ex-namoros tóxicos que te derrubam.

Se você quiser parar de odiar a si mesmo, então tem que sair da sua zona de conforto. Você tem que conversar com novas pessoas para provar a si mesmo que pode fazer amigos. Você tem que ir em dates para provar que você é digno de amor. Você tem que se candidatar ao seu emprego dos sonhos para provar que você tem o que é preciso. Você pode falhar algumas vezes ao longo do caminho, mas quando ganhar no final, você terá um tempo mais fácil para aprender a amar a si mesmo.

E busque apoio profissional. Um bom psicólogo irá te ajudar a melhorar sua imagem de si e a perceber como esta melhora te auxilia na sua relação com o mundo.

TEXTO TRADUZIDO E ADAPTADO DE THOUGHT CATALOG

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.