Até 2022, pode ser que um dos projetos já encaminhados para a legalização das apostas esportivas no Brasil resulte na regularização da atividade. Junto a isso, sempre surgem novas propostas que também tentam legalizar os cassinos, casas de bingo e a exploração de jogos de azar no geral no país. Mas qual seria o efeito disso para os brasileiros e para o Brasil?

É preciso ter em mente que o acesso e também a coleta dos ganhos em sites de aposta é uma realidade no Brasil e em outros países onde o jogo não é legalizado. Sites licenciados em jurisdições como Malta e Curaçao oferecem segurança e atuam legalmente em outros países, funcionando de forma “neutra” em países como o Brasil.

Efeitos Políticos e Socioeconômicos

Somente o mercado de apostas esportivas, para dar um exemplo já mencionado por parlamentares a favor da legalização, resultariam em R$6 bilhões por ano em arrecadação para o governo brasileiro. Essa estimativa leva em conta o que já é gasto pelos apostadores no país, sem contar pessoas que se sentiriam mais seguras em apostar após a legalização.

Em parte, a resistência busca boicotar a aprovação de projetos que envolvam um ou mais tipos de aposta porque enxergam a prática como negativa. No entanto, uma vez que já existe uma movimentação bilionária, está claro que a atividade já está bem-estabelecida.

Além disso, as notícias explanam até mesmo ao mais desavisado dos brasileiros a quantidade de salas clandestinas de bingo, cassino e apostas em geral.

A liberação das apostas traz mais do que arrecadação de impostos, uma vez que atividades legalizadas tendem a gerar empregos formais e a movimentar a economia. Sob a proteção da legalidade, funcionários estariam em pleno gozo dos seus direitos, diferentemente da realidade de quem está inserido nesse mercado por necessidade e não tem a quem recorrer.

Entende-se, então, que os benefícios da regularização da atividade superam possíveis desvantagens. A sua aplicação, no entanto, deve vir acompanhada de programas, informações e acompanhamento psicológico para prevenir o vício e tratar aqueles que, mesmo sem a legalização, já sofrem com esse tipo de problema.

O Brasil Legalizará as Apostas?

No momento, ainda não há um caminho estabelecido para aprovação das apostas no Brasil. Há projetos de lei que mencionam somente cassinos em resorts de luxo, enquanto outros buscam a legalização de casas de bingo e até jogo do bicho. Em suma, acabar com o monopólio dos jogos de azar conferido às Loterias da Caixa Econômica Federal.

Embora ainda longe de países como o Canadá, que já está próximo de aprovar o seu projeto de lei C-218, em tramitação no seu Senado, há esperanças de que o Brasil avance nesse quesito até o final de 2022. Esse, aliás, é o marco para expirar a ação iniciada em 2018 no governo Michel Temer em prol da regulamentação das apostas esportivas.
Até lá, pouco muda para os brasileiros que apostam e já contam com sites estrangeiros perfeitamente adaptado ao nosso público.

Photo by Sergi Viladesau on Unsplash

 

RECOMENDAMOS






Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.