Com previsão para chegar ao mercado até maio de 2018, os pesquisadores do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (IFSC-USP) de São Carlos (SP) elaboraram um equipamento capaz de diminuir pela metade as dores das pessoas que sofrem com fibromialgia. O equipamento, explica o pesquisador Antônio Eduardo de Aquino Junior ao G1, reúne duas inovações: o equipamento e o protocolo de tratamento.

“Ao fazer a emissão conjugada de ultrassom e laser conseguimos normalizar o limiar de dor do paciente. Já o tratamento na palma das mãos contrapõe o tipo de atendimento feito hoje, muito focado nos pontos de dor”, explicou.

Cerca de 3% da população brasileiro padecem de fibromialgia e, diferente da artrose ou artrite reumatóide que apresentam deformidade e inflamações, tem diagnóstico mais difícil e não tem cura. Além disso, a cada 10 diagnósticos, 9 são mulheres. Uma população que já possui características específicas como os ciclos menstruais, o que torna a fibromialgia ainda mais difícil.

Em 2017, um exemplo emblemático, a cantora Lady Gaga cancelou sua vinda ao Brasil devido às dores crônicas da Fibromialgia. Na época ela tuitou “Quero ajudar a aumentar a conscientização sobre esse tema e conectar as pessoas que tem fibromialgia.”

Um dos primeiros beneficiados pelo tratamento em São Carlos foi o vendedor Richard Rocha. O testemunho dele é uma esperança para todas as pessoas que precisam de um alívio para o problema.

“Mudou a minha vida, até o antidepressivo eu parei de tomar. Mudou completamente a minha disposição. Eu ainda sinto dores, mas deu uma estancada. O que eles estão fazendo lá vai melhorar a qualidade de vida de muita gente. Eu desejo que seja assim para todos, nem que seja um terço do que melhorou a minha, já seria maravilhoso.”

Tratamento em São Carlos

Para participar do tratamento, os interessados devem procurar a Unidade de Terapia Fotodinâmica, na Rua Serafim Vieira de Almeida, número 337, no Jardim Pureza, ao lado da Santa Casa de São Carlos.

Mais informações sobre as sessões gratuitas e os horários podem ser consultados pelo telefone (16) 3509-1351.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




REDAÇÃO PSICOLOGIAS DO BRASIL
Os assuntos mais importantes da área- e que estão em destaque no mundo- são a base do conteúdo desenvolvido especialmente para nossos leitores.