Carreira X Profissão

Muitos confundem o conceito dessas duas palavras e acabam tendo dificuldades em escolher sua profissão. Para começar nossa conversa vamos ao conceito de cada uma dessas palavras:

Profissão:

É a ocupação, a atividade que você irá desempenhar. Requerem competências especializadas e formais, que costumam adquirir com uma formação universitária ou profissional

Ex: Médico Cardiologista

Carreira:

“São as sequências de posições ocupadas e de trabalhos realizados durante a vida de uma pessoa. A carreira envolve uma série de estágios e a ocorrência de transições que refletem necessidades, motivos e aspirações individuais e expectativas e imposições da organização e da sociedade.” ( London e Stumph, 1982 apud FLEURY, 2002)

Ex: Se um médico cardiologista decide que seu caminho é ajudar àqueles que mais precisam, pode atuar como um médico em uma organização como Médicos Sem Fronteiras.

Sendo assim, carreira é um caminho, e profissão é a ocupação que pretendemos com um curso de graduação (ou outro curso profissionalizante). Uma profissão pode dar origem a diversas carreiras, podemos, por exemplo, ter a mesma profissão e carreiras totalmente diferentes.

É muito comum, também, que as pessoas, ao longo da vida, tenham mais de uma profissão e sigam inúmeras carreiras que podem variar de acordo com seus interesses e momento de vida. Então por exemplo, um presidente de empresa para chegar a esse patamar de sua carreira provavelmente ocupou diversas profissões na empresa para ser considerado apto a esse cargo.

O que acontece muitas vezes, e foi noticiado pela VEJA alguns anos atrás, é que os jovens escolhem a carreira sem conhecer a profissão. É importante que a escolha profissional seja baseada no autoconhecimento e no conhecimento da profissão que pretende ocupar, não devemos escolher nossa profissão pelo status que determinada pessoa ocupa, mas sim pelas atividades que ela exerce e pode exercer e quão essas atividades estão de acordo com nossos gostos e valores.

Lembro –me de alguém que queria ser um jogador de futebol, como aqueles grandes, mas ao pesquisar e ver os pros e contras dessa profissão optou por outra que realmente tinha a ver com seus interesses.

Enfim, para estar mais seguro ao escolher a profissão, podemos numerar algumas dicas para conhecer a profissão pretendida:

  1. Conhecer a grade curricular do curso pretendido
  2. Conversar com profissionais da área
  3. Pesquise sobre o dia-dia dessa profissão e as diversa opções de carreira

Espero ter ajudado, até a próxima!

Bibliografia:

FLEURY, Maria Tereza Leme. As pessoas na organização. São Paulo: Gente, 2002.

Compartilhar
Carolline Lopes
Carolline Lopes recém formada em psicologia (CRP 05/ 50327), pós-graduanda em MBA Executivo em Coaching pela Universidade Candido Mendes e Instituto Pro-Minas. Escritora em um blog com seu nome. Apresentou diversos trabalhos em congressos nacionais com temas relacionados a psicologia da saúde e Jurídica. A partir da pôs graduação tem explorado a temática da orientação profissional



COMENTÁRIOS