Síndrome de Burnout: a doença do esgotamento físico, mental e emocional

Em geral a Síndrome de Burnout atinge profissionais do mundo inteiro que lidam direta ou indiretamente com pessoas. Em todas as áreas, não importa a profissão, o estresse faz parte do nosso dia a dia em um mundo cada vez mais competitivo. A Síndrome de Burnout é uma das consequências desde ritmo acelerado e atual, um estado de tensão emocional e estresse provocado por condições de trabalho desgastantes e estressantes.

O próprio termo burnout demonstra que esse desgaste danifica aspectos físicos e psicológicos das pessoas acarretando prejuízo da saúde física, mental e emocional.

Há diversos sintomas que em fase inicial e alguns podem até levar a um primeiro diagnóstico de depressão. Por isso, é importante uma avaliação detalhada. O esgotamento é refletido através de comportamento diferentes, como agressividade, isolamento, mudanças de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, falha da memória, ansiedade, tristeza, pessimismo, baixa autoestima, ausências no trabalho. Além desses sintomas citados, há relatos de sentimentos negativos, desconfiança e de paranoia. Dos sintomas físicos são comuns: dores de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta, dores musculares, insônia, crises de asma e distúrbios gastrointestinais, respiratórios e cardiovasculares. Em algumas mulheres também pode acontecer alterações no ciclo menstrual.

Além do tratamento, que inclui terapia e medicamentos, se faz necessária uma mudança no estilo de vida. A atividade física regular e os exercícios de relaxamento devem entrar para a rotina, pois ajudam a controlar os sintomas.

Uma dica importante é observar se é o ambiente profissional a causa do estresse ou se não as atitudes da própria pessoa que geram a crise. A qualidade de vida é uma das armas para prevenir a Síndrome de Burnout ou qualquer outras doenças.

Compartilhar
Marta Batista
Psicóloga Clinica/Hospitalar Especialista em Neuropsicologia. Trabalha na profissão há mais de dez anos. Ministrou aulas em uma instituição de Ensino. Atualmente trabalha em dois hospitais e tem um consultório em Recife- PE , onde realiza atendimento aos sábados. Contato: martabsn4.1@gmail.com



COMENTÁRIOS