Você precisa assistir Fernanda Montenegro falando sobre beijo gay

A veterana atriz Fernanda Montenegro ainda tem muito que nos ensinar. No auge de sua lucidez, num vídeo de pouco mais de 9 minutos, ela fala sobre o beijo gay, racismo, hipocrisia da TV (e dos espectadores), comportamento e diverso outros pontos pra nos fazerem refletir.

O auge do vídeo, do Ciclo de Conferências, na Academia Brasileira de Letras,  é quando ela fala sobre o beijo protagonizado por ela e a atriz Nathalia Timberg na novela global Babilônia.

RETROCESSO DO COMPORTAMENTO ATUAL

“Eu fiz uma novela há 30 anos atrás em que eu era mãe de uma rapaz, que era homossexual declaradamente, e que no fim da novela ia embora com outro rapaz. Ninguém se escandalizou naquela época”.

HIPOCRISIA

“Eu era de uma família riquérrima e perguntava ‘Meu filho, o que você faz tanto indo tanto em saunas?‘ Entende? Ela era rica, famosa e poderosa. Ela não entendia nada”.

CÓDIGO MORAL DA TV E DO ESPECTADOR 

“Não pode chegar logo de cara e beijar. Tem que acostumar o espectador, a saber que ali vai ter um negócio que não é hétero. Aí todas as novelas passaram a ter um casal que fica lá se olhando, se olhando. E dá uma pernada, uma encostada. (…) Aí pega duas velhas de 80 anos casadas e unidas há mais de 40. Que lutou sempre por que queria casar no papel. E no primeiro capítulo saiu a notícia de que ela queria casar, porque tinha uma lei que permitiria isso agora. (…) Aí nos damos um beijo de boca fechada e isso virou um escândalo. Sabe o que disseram pra nós? Que tinha que ter esperado!”.

RACISMO

“Ninguém falou disso, mas é a primeira novela em que 2/3 do elenco era negro. Olha bem! Se alguém viu a novela, deve lembrar disso.  As negras todas eram independentes, formadas pelo próprio esforço, ninguém servia mesa pra madame. As negras casavam com branco e brancos com negras. Mas isso não foi falado”.

FAVELA BRANCA

“A favela que passava no horário das 19h não tinha negros. Ela se passava num complexo, mas eu não vi negro ali. Então, tem esta outra história atrás da história”.

TEXTO ORIGINAL DE CATRACA LIVRE

Compartilhar
Psicologias do Brasil
Informações e dicas sobre Psicologia nos seus vários campos de atuação.



COMENTÁRIOS