Marcos Mion vive um grande momento de sua carreira como apresentador de TV. Em 2022, ele assumiu definitivamente o comando do ‘Caldeirão’ após a migração de Luciano Huck para os domingos da rede Globo, e é líder absoluto de audiência nas tardes de sábado. Mas não é apenas no campo profissional que tudo vai bem, pois ao que tudo indica o mesmo se dá em sua vida pessoal. Em seu perfil no Instagram, o artista costuma compartillhar seu dia a dia com a esposa, a designer Suzana Gullo, e os três filhos: Romeu, de 16 anos, Donatella, de 13 e Stefano, de 11. A sintonia da família fica evidente a cada clique!

Em inúmeras ocasiões, Mion já deixou claro o quanto se empenha para ser o melhor pai possível para os filhos. Em sua coluna para a revista Crescer, ele muitas vezes compartilhou reflexões sobre sua experiência na educação dos pequenos, além de sábios conselhos para outros pais.

Um dos textos mais bonitos produzidos por Mion é o que dedica a Donatella. Nele, o artista fala diretamente a outros pais de meninas. Em um trecho do texto, ele discute sobre a importância de fazer sua filha se sentir amada e aceita do jeito que é.

“Nunca deixe sua filha crescer com dúvidas. Nenhuma. Filhas passam os primeiros anos da vida em busca de aprovação do pai. O pai é a primeira figura referência de segurança, de caráter e respeito. Além de ser o primeiro grande amor de suas vidas. A menina que passa a infância sem saber o que o pai sente sobre como ela é, sobre o que ela é capaz de fazer e, principalmente, o que ele espera para ela no futuro, cresce em estado de caos.”, inicia Mion.

“Diga com todas as letras como ela é linda. Simples assim! E a faça dizer, para ela mesma se ouvir: ‘Eu sou linda!’ Os padrões massacrantes de beleza chegam cada vez mais cedo, então, antecipe-se e explique a ela que o que torna uma pessoa bonita é a forma como trata os outros, como se aceita, como encara a vida, como ri, como se emociona… A beleza, afinal, está na alma!”, completa.

Mion ainda destacou que pais devem, primeiramente, ser exemplo para seus filhos, “Como homem, figura paterna, você é muito responsável pela formação de caráter e de identidade da sua filha. É com o seu exemplo no jeito de tratar a mãe dela, pela forma que trata a ela mesma. Mas também, não menos importante, por proporcionar a ela uma existência sem dúvidas em relação ao que ela é capaz de realizar, sobre ela ser legal, bonita, inteligente, responsável, educada e em relação a seu caráter.”

“Cabe a nós construir a base forte nos primeiros anos de vida. É isso que vai dar a segurança para aquela menina se tornar uma mulher corajosa. Para que ela não tenha vergonha ou medo de falar o que pensa em público, não aceite a opinião dos outros quieta ou fique sem ação diante de situações constrangedoras e intimidadoras. Você é a maior referência de confiança e proteção que sua filha tem. Sua voz vai guiá-la e dar forças para que ela enfrente o medo.”, escreveu o apresentador.

“Não ache que você já falou demais o quanto a ama. Não ache que falou muito no aniversário dela e basta. Seja ativo. Seja o homem que ela acredita que você é. Nenhuma mulher no mundo vai te olhar com os olhos e a admiração com que ela te olha. Que bom seria se todo homem tivesse uma filha. Não teríamos chegado a esse ponto de precisar lutar pela igualdade. Porque poucas coisas mudam um homem como uma filha.”, finalizou.

***
Destaqques Psicologias do Brasil, com informações de Crescer.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.