Luther Standing Bear nasceu em dezembro de 1868 e morreu em 20 de fevereiro de 1939, mas sua frase: ‘Talvez a tarefa mais difícil de ser pais não seja controlar o comportamento dos filhos, mas o seu próprio’… continua a marcar a educação atual. Luther SB era um líder indígena em Lakota que era reconhecido por ser um filósofo e educador, ele também era escritor e se dedicava a outras coisas, como tentar preservar sua comunidade.

Hoje em dia, muitos pais se consultam com profissionais e dizem coisas como; ‘Não consigo controlar o meu filho’, ‘O que posso fazer com o meu filho?’, ‘Venho reeducar o meu filho’ … E esse pensamento é tremendo equívoco, porque antes de começar a trabalhar com crianças, você tem que trabalhar com os pais. Antes de fazer as perguntas indicadas neste parágrafo, os pais devem refletir e pensar sobre quais comportamentos eles devem ter para se tornarem a referência de que seus filhos precisam. As crianças observam o que veem e se comportam de acordo.

Os pais são o grande exemplo

Os pais são o grande exemplo de seus filhos, e os filhos precisam ver neles bom comportamento e bons valores para que, assim, o comportamento deles melhore quase que automaticamente. Os pais dão o exemplo e isso é indiscutível. Nesse sentido, os pais devem primeiro pensar sobre si mesmos, seu autocuidado e sua saúde emocional… e depois pensar em como educar seus filhos.

Ser pai é difícil, mas você deve observar seu comportamento antes de tentar ver o que acontece com seu filho. Você grita? Seus filhos vão gritar. Voce fuma? Seus filhos adolescentes vão fumar e podem até experimentar outras coisas… O que você ensina a seus filhos se não se cuidar primeiro? Você acha que eles vão respeitá-lo se você não for capaz de cuidar de si mesmo? Como você vai cuidar deles se não consegue cuidar de si mesmo primeiro?

Trabalhe em seu autocontrole

É necessário que os pais não discutam sobre como um filho se comporta, pois isso pode causar hostilidade, nervosismo e estresse entre eles. É preciso buscar a raiz do problema e tentar resolver as coisas com calma e paz. Claro, mais fácil falar do que fazer. Mas é necessário. Se você quiser melhorar seu autocontrole e cuidado, não se esqueça do seguinte:

– Lembre-se todos os dias de que você é o seu maior exemplo. Para que seus filhos tenham uma boa regulação emocional, você deve ensiná-los que você também tem essa regulação.
– Quando as emoções o dominam, lembre-se de que seu cérebro racional para de funcionar. Não aja naquele momento. Escolha não agir e sair do contexto enquanto estiver nervoso. Procure calma e respeito consigo mesmo e com seus filhos. Quando a calma chega até você, você pode agir com confiança.
– Você deve estar bem para educar bem. Lembre-se de que você só terá filhos felizes quando também estiver feliz. Satisfaça suas necessidades físicas e emocionais e tudo ficará muito melhor. Cuide de você primeiro para cuidar de seus filhos depois, para melhor.

A educação não é algo que você pode fazer bem durante a noite, não há manual de instruções. Trabalhe suas próprias emoções para que seu dia a dia seja mais equilibrado e menos caótico. Quando você sentir como suas emoções são reguladas e como a calma está dentro de você, tudo será muito mais fácil.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Etapa Infantil.
Foto destacada:

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.