Existem momentos decisivos na vida de todos nós que nos mostram do que somos feitos. Em uma dessas situações limite, Justin Gavin provou que é uma pessoa de muita coragem.

O jovem de 18 anos jamais poderia imaginar que fazer uma simples caminhada até uma farmácia terminaria com ele salvando não uma, mas quatro vidas!

Justin estava a caminho da farmácia local na cidade de Waterbury, em Connecticut (EUA), em 9 de setembro, quando um SUV que passou por ele chamou sua atenção. O veículo estava coberto de chamas. Ele gritou para a motorista parar, mas ainda assim o carro seguiu. Ela e seus três filhos, de 9, 4 e 1 anos, ficaram presos dentro do veículo.

“Eu estava com medo porque não sabia se o carro iria explodir naquele instante”, disse Justin.

Mas isso não o impediu de correr para ajudar. Justin correu o mais rápido que pôde, puxando a mãe primeiro, depois indo para o banco de trás para libertar seus filhos, o mais novo deles estava em uma cadeirinha. Quando a mãe contou sua história para a polícia, ela deixou bem claro que Justin era o motivo de sua família ainda estar viva.

Então, mais tarde naquele dia, o chefe da polícia de Waterbury, Fernando Spagnolo, presenteou Justin com uma medalha de bravura e coragem.

“O chefe de polícia me disse que sempre que quando eu sentir que preciso de alguma coragem, basta olhar para a medalha e pensar naquele dia”, disse Justin.

O jovem diz que apenas fez o que esperava que outra pessoa fizesse por ele.

“A vida é muito curta, então pensei que se fosse eu naquela situação, gostaria que alguém me ajudasse, então definitivamente fiz o que podia”, acrescentou.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Fotos: ABC 7 e Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.