No último dia 05 de agosto, a cantora Adriana Caklcanhoto presenteou seus fãs com uma live, intitulada “Um Show Só”. Na ocasião, a artista apresetou ao público a sua nova música, “Dois de Junho”, composta em homenagem ao menino Miguel, que faleceu ao cair do nono andar de um prédio em Recife quando estava sob os cuidados da patroa de sua mãe.

O título da música faz referência à data da tragédia. Naquele dia, Miguel, de 5 anos, foi deixado pela mãe, Mirtes Renata, com a então patroa dela, Sari Corte Real. A empregada tinha ido levar o cachorro da patroa passear pelo condominio. O menino saiu para procurar pela mãe e não foi acompanhado pela mãe. Ele acabou caindo do nono andar do condomínmio de luxo e Sari foi indiciada por abandono de incapaz.

Mirtes e Miguel.

Leia a letra e ouça a música:

Dois de Junho

No país negro e racista
No coração da América Latina
Na cidade do Recife
Terça-feira, dois de junho de 2020, 29 graus Celsius, céu claro
Sai pra trabalhar a empregada, mesmo no meio da pandemia
E, por isso, ela leva pela mão Miguel, 5 anos, nome de anjo
Miguel Otávio, primeiro e único
Trinta e cinco metros de voo do nono andar
Cinquenta e nove segundos antes de sua mãe voltar
O destino de Ícaro, o sangue de preto, as asas de ar

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Mundo Negro e Blog Social 1.
Foos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.