A África é um continente maravilhoso, de onde vem uma cultura ancestral e um povo cheio de garra, coragem e alegria. Entretanto, sabe-se que esta terra tão bonita costuma ser castigada por alguns problemas tão antigos quanto persistentes. Uma destas mazelas é a poliomielite, que há 30 anos vem fazendo vítimas entre as crianças em situação de maior vulnerabilidade. A boa notícia é que a batalha pela erradicação da doença pode estar perto do fim. As informações são do El País.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a África está finalmente “livre do poliovírus selvagem”. Este é um marco histórico na luta contra a poliomielite, alcançado quatro anos depois dos últimos casos no nordeste da Nigéria. Agora só restam dois países com casos, Afeganistão e Paquistão. Se isso ocorrer, será a segunda doença humana erradicada no mundo, depois da varíola em 1979.

A vitória contra a poliomielite é resultado de esforços públicos e privados e campanhas de vacinação em massa, muitas vezes em áreas de alto risco devido à presença de grupos terroristas.

Segundo o El País, em 1988, havia 350.000 casos no mundo, enquanto em 2013 ocorreram 416 contágios. O último país africano a sofrer com a pólio selvagem, ou seja, que ocorre por transmissão comunitária, foi a Nigéria, que tinha seis casos em 2014. Desde agosto de 2016 o país não registra novos casos.

“Graças aos esforços dos Governos, do pessoal de saúde e das comunidades, mais de 1,8 milhão de crianças foram salvas”, destacou a OMS em um comunicado.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de El País.
Foto destacada: Gabriele Mango/Pexels.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.