Você certamente ja ouviu a veha máxima de que “quem tem um amigo, tem um tesouro”. Por mais que algumas pessoas considerem a frase um pouco cafona ou antiquada, é preciso reconhecer que há muita verdade nessas palavras. Um bom exemplo disso é a emocionante história dos amigos Antonio e Pedro.

Quem conta essa história é Joviana Venturini Pinto. Em um post no seu perfil no Instagram, ela fala sobre a bonita relação do cunhado, Antônio, com o seu pai, Seu Pedro.

“Se alguém pedir para mostrar uma imagem que demonstre amor, eu vou me lembrar destas fotos. Se alguém me pedir um nome que represente amor, vou citar Antônio. Papai estava muito magrinho e fragilizado, mas encontrou nos braços do meu cunhado Antônio a força e o carinho que precisava para viver seus últimos dias de vida.”, escreveu Joviana.

“Antônio não é jovem, tem 75 anos. Mas foi incansável com os cuidados com papai. Dava banho (Papai só aceitava ele), trocava fralda, vestia, dava comida, oferecia chá, assistia a vídeos repetidos no YouTube (Todo dia o mesmo), rezava, passava o dia ao lado do sogro conversando e acompanhando. Foi ao lado dele, minutos depois de ouvir uma oração, que Seu Pedro deu o último suspiro.”, continuou.

“Antônio, nossa família é só GRATIDÃO pelo que você fez. Ainda bem que o última imagem que papai teve antes de partir foi a imagem de um grande homem como você. Em nome de toda família, obrigada!”, finalizou Joviana.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Instagram @joviana.venturini

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.