Se algum dia você se sentir “velho demais” para fazer alguma coisa, se mire no exemplo de Albertino Rodrigues Pipa, de 85 anos, que acaba de se tornar o mais novo calouro da Universidade Tuiuti do Paraná, em Curitiba.

Consciente de que irá terminar o curso de psicologia quando já tiver 90 anos, ele diz ter um objetivo bem definido: ajudar.

“Eu aprecio muito a área de psicologia e espero ajudar muita gente. Não tenho nenhum fim econômico, mas sei do tanto de gente que atualmente tem algum tipo de transtorno psicológico, então quero ajudar, sem objetivo financeiro”, descreve.

Albertino tem na advocacia como sua primeira formação, mas decidiu que agora irá se dedicar a outra área.

O novo calouro cursará psicologia no período noturno e diz já esperar certo estranhamento por parte dos colegas de sala. “Acredito que eles vão ficar muito curiosos, já que alguns poderiam ser meus netos. Imagino que será difícil de acompanhar, já que a capacidade de aprendizagem de alguém de 18 anos é maior, mas vou me dedicar e pedir ajuda”, diz.

Com a matricula oficializada, Albertino começa o semestre letivo na próxima segunda-feira (17).

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de TN Online.
Foto destacada: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.