A inteligência artificial agora é capaz de detectar com mais precisão os sintomas da depressão usando o som da sua voz, de acordo com uma nova pesquisa feita por cientistas da computação da Universidade de Alberta, no Canadá

A pesquisa foi conduzida pelo estudante de doutorado Mashrura Tasnim e pela professora Eleni Stroulia, no Departamento de Ciência da Computação da Universidade. O estudo baseia-se em pesquisas anteriores que sugerem que o timbre da nossa voz contém informações sobre o nosso humor.

Usando conjuntos padrão de dados de benchmark, Tasnim e Stroulia desenvolveram uma metodologia que combina vários algoritmos de aprendizado de máquina para reconhecer a depressão com mais precisão usando sinais acústicos.

O objetivo final, explicou Stroulia, é desenvolver um aplicativo a partir desta tecnologia.

“Um cenário realista é que as pessoas usem um aplicativo que coletará amostras de voz enquanto elas falam naturalmente. O aplicativo, executado no telefone do usuário, reconhecerá e rastreará, ao longo do tempo, indicadores de humor, como depressão. Assim como você tem um contador de passos no seu telefone, você pode ter um indicador de depressão baseado na sua voz, ao mesmo tempo em que usa o telefone. ”, completou a professora.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Universidade de Alberta.
Foto destacada: Engin Akyurt/Pexels.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.