Os avanços da tecnologia tem tornado muito mais fácil o dia a dia das pessoas com deficiência visual. Através de alguns recursos por voz, por exemplo, essas pessoas conseguem acessar informações e até receber e enviar mensagens instantâneas ou textos mais extensos.

Sem a praticidade dos smartphones, um indivíduo com deficiência visual teria que carregar diversos dispositivos diferentes, como o GPS, os anotadores ativados por voz ou scanners de barra.

Mas agora, um aplicativo chamado Be My Eyes está tornando a vida de milhares de pessoas com deficiência visual ainda mais dinâmica e prática, conectando usuários com e sem visão por meio de videochamada.

O aplicativo foi desenvolido em 2015 por Hans Jorgen Wiberg, que tem deficiência visual. Ele costumava fazer videochamadas para amigos e familiares, que o ajudavam com as tarefas do dia a dia.

Identificando a oportunidade de exportar essa ideia para outras pessoas como ele, Hans desenvolveu o software com a ajuda de colegas. Deu super certo, pois o Be My Eyes foi baixado mais de duas milhões de vezes desde seu lançamento!

“Então eu baixei este aplicativo chamado “Be My Eyes” um tempo atrás. Você recebe chamadas via FaceTime de pessoas cegas ao redor do mundo e as ajuda com qualquer tarefa que elas precisem. Acabei de receber minha primeira ligação e ajudei essa senhora a escolher o leite de amêndoas. Algo tão pequeno fez o meu dia!”

Pessoas com deficiência visual utilizam o aplicativo para inúmeras finalidades, incluindo encontrar coisas perdidas em suas casas, ler etiquetas, contar o dinheiro ou combinar o estilo de suas roupas.

Em quatro anos, a comunidade cresceu para mais de 140 mil usuários com visão comprometida ou completamente cegos e mais de 2,5 milhões de voluntários. Há tantas pessoas que se inscreveram para ajudar que, às vezes, leva semanas para receberem a primeira ligação.

“Quando lançamos o app, não sabíamos se as pessoas estariam dispostas a oferecer seu tempo para ajudar completos estranhos”, disse Alexander Hauerslev Jensen, CCO da Be My Eyes. “Mas nas primeiras 24 horas, tivemos mais de 10 mil voluntários.”

“O fato de termos tantos voluntários nos permite ter um tempo de resposta muito rápido, o que é ótimo”, continuou ele. “Leva apenas alguns minutos para causar um grande impacto na vida de outra pessoa. Esta é uma combinação de tecnologia e generosidade humana.”

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de RPA e Up Worthy.
Imagem destacada: Reprodução/Up Worthy.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.