Na cidade de Praga, República Tcheca, se encontra a biblioteca Klementinum, uma obra arquitetônica que impressiona quem a visita.

Foi projetada como um excelente exemplo de arquitetura barroca. Abriu suas portas pela primeira vez em 1722, como parte da universidade jesuíta e abriga mais de 20.000 livros. Seus detalhes impressionantes a tornam a biblioteca mais bonita e majestosa do mundo.

O espetacular interior do salão barroco da biblioteca é conhecido em todo o mundo, incluindo o teto pintado pelo artista Jan Hiebl. O cômodo está intacto desde o século XVIII, preservando sua história.

Klementinum tem uma coleção de Mozart , materiais pertencentes ao astrônomo dinamarquês Tycho Brahe e exemplares históricos da literatura tcheca. Uma seleção de livros históricos exclusivos foi enviada ao Google para ser digitalizada e estará disponível no Google Livros para o alcance de mais pessoas no mundo.

A biblioteca está associada a vários eventos incomuns: o Klementinum foi o local em que o primeiro registro meteorológico da República Tcheca , realizado em 1775.

Além disso, o famoso escritor argentino Jorge Luis Borges , faz referência à impressionante biblioteca em seu romance “O milagre secreto”.

Atualmente, a biblioteca é o segundo maior edifício em Praga, depois do castelo da cidade. Durante séculos, surpreendeu quem a visitou e é sem dúvida o sonho tornado realidade para os fãs de livros.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.