O lutador brasileiro Filipe Esteves que conquistou o cinturão do Brazil MMA no último sábado, em Salvador (BA), mostrou que é campeão também fora do ringue. Em um louvável ato de generosidade, ele doou o valor da bolsa do combate ao seu adversário.

Felipe ficou tocado ao saber que o seu oponente, Rildeci Escorpião, tinha viajado de ônibus por 35 horas de Belém (PA) até a capital baiana, E foi aí que ele decidiu abrir mão da bolsa no valor de R$ 500 dada aos atletas para beneficiar o colega.

“Eu estava olhando as lutas dele no Instagram, vi que era um cara humilde. O evento não paga passagem, a bolsa é de R$ 500… Deve ter gasto R$ 300 de ônibus (a passagem, na realidade, custa R$ 427), ainda tem que comer na estrada… Vai lutar por R$ 200? É quase de graça, vai pagar para lutar”, disse Filipe ao Combate.com.

“Falei ao meu pai: “Vou dar a bolsa para ele”. É um dinheiro que vai ser melhor para ele do que para mim”, contou.

Na luta, Filipe sagrou-se campeão, mas nem por isso deixou de se solidarizar com o adversário. Após a finalização, ele consolou Escorpião, em respeito ao seu esforço e coragem.

“Fiquei sentido. Eu falei: “Irmão, levanta a cabeça. Você saiu da sua cidade para vir até aqui de ônibus. Eu gostaria de te dar minha bolsa. Você merece, é batalhador. Levante a cabeça”, contou.

E Foi tanto respeito, que a emoção aflorou. “Ele começou a chorar, eu chorei também (risos). Ele agradeceu para caramba, me mandou vídeo no celular. Vida de atleta no Brasil não é para qualquer um. O que ele fez não é para qualquer um”, afirmou Filipe.

Aos 29 anos de idade, Filipe Esteves concilia a carreira no MMA com a de atleta olímpico – soma quatro títulos brasileiros e quatro sul-americanos no wrestling. O objetivo da vez, porém, é entrar no UFC.

“O esporte olímpico, financeiramente, não vai mudar. Tenho que pensar no meu futuro financeiro, tenho uma filha de 10 meses. Minha meta é entrar no UFC. O sonho olímpico ainda se mantém, mas está em segundo plano. Quero fazer duas ou três lutas ainda esse ano e espero entrar no UFC o mais rápido possível”, concluiu.

Psicologias do Brasil, com informações de Só Notícia Boa.
Foto: Adilton Venegeroles/ Brazil MMA.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.