Perder alguém que você ama é devastador, mas pode ser especialmente difícil se for um irmão querido.

Erik Sydow compartilhou memórias preciosas de sua irmã com necessidades especiais em seu obituário no Los Angeles Times. Sem muitas palavras, Erik pintou um quadro doce da vida de Karen e das suas coisas favoritas.

Confira abaixo a comovente homenagem de Erick para sua irmã.

“Em memória da minha irmã, que nunca teve grandes ambições ou dúvidas. Ela nasceu com Paralisia Cerebral e nunca conseguia falar mais do que três palavras.

1) mãe
2) Donalds (ela adorava McDonalds)
3) Piano (ela adora música)

Nos últimos 2 anos, ficou mais difícil vê-la devido à Covid-19. Só recentemente estávamos voltando a nos encontrar normalmente. Nosso pai faleceu em 2007 e nossa mãe este ano, maio de 2021.

Em minha última saída com Karen, fizemos um passeio ensolarado de bicicleta; ela riu e bateu palmas. Quando paramos à beira do lago para um piquenique, Karen disse “Mãe, mãe.” Eu a segurei e disse a ela “mamãe não está mais aqui”. Karen totalmente fora do normal colocou a cabeça no meu ombro e as lágrimas correram por sua bochecha. Sim, ela entendeu.

Duas semanas depois, ela faleceu; Acho que ela realmente queria estar com a mãe. Karen, gostaria de ter feito você rir mais uma vez. Eu também precisava de você.

Com amor, seu irmão Erik.”

Embora sem dúvida tenha sido difícil para ele escrever, somos gratos por Erik ter compartilhado essa janela cativante para a vida de Karen. Suas palavras nos lembram de valorizar o tempo que passamos com nossos entes queridos.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Fotos: Reprodução/Facebook.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.