A pandemia de coronavírus não apenas nos mostrou o quão despreparado o mundo está para enfrentar uma crise de saúde como esta, mas também nos ensinou que, pensando em comunidade, podemos sobreviver juntos a todos estes problemas. Se você não acredita nisso, preste atenção à história deste casal de pequenos agricultores que, apesar da idade já avançada, continua trabalhando no campo para poder ter o que ofertar àqueles que foram mais atingidos pela crise.

O casal, que mora em Sololá, na Guatemala, decidiu doar todos os vegetais que cultivavam em suas terras para algumas famílias afetadas pela pandemia.

“Nestes momentos de crise, os governantes tem apenas palavras para oferecer. Mas é melhor agir sem tanto protocolo, porque as pessoas estão fome”, disse um dos idosos.

Segundo o jornal El Periódico, que originalmente publicou a história do casal, eles não queriam ter seus nomes divulgados. Eles acreditam que não há nada que fale melhor por uma pessoa do que as suas atitudes.

O casal entregou um caminhão cheio de tomates, cebolas, cenouras, milho e outros legumes que serão distribuídos aos setores com maior falta de alimentos. Sem dúvida, é uma bênção para quem agora não tem nada.

Em todo o mundo, pessoas vêm perdendo seus empregos desde que a pandemia de coronavírus se tornou uma grave ameaça. Inúmeras pessoas já fizeram sua contribuição para ajudar os que necessitam, mas a verdade é que nunca é suficiente e é por isso que cada colaboração pode ajudar, mesmo as que parecem pequenas.

Isso mostra apenas que juntos podemos superar qualquer adversidade; se você acha que a sabedoria não vem com a idade, não pode estar mais errado. Esses idosos nos mostraram que não é necessário ter muito para colaborar, apenas um bom coração.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.