Infelizmente, muits pessoas que vivem em situação de rua são invizibilizadas em nossa sociedade. Elas de sentem esquecidas e têm fome de contato humano.

Mas quando Randi Emmans ouviu um homem expressando suas frustrações em uma rua próxima ao seu prédio em Los Angeles, ela não desviou o olhar e apenas passou por ele, como muitos fazem – ela o ouviu se conectou com ele. Agora, graças a ela, ele está feliz como ficava há décadas.

O homem, cujo nome é Pedro Reid, tocou o coração de Randi com suas palavras.

“Ele estava dizendo em voz alta: ‘Imagine que ninguém nunca para e diz olá’”, escreveu ela . “’Todo mundo apenas olha. Mas ninguém sabe como sou educado, como sou inteligente, tudo o que vêem é um homem que não tem casa e não tem para quem telefonar.’”

Randi levou então seu namorado, John Suazo, para a rua, onde perguntaram a Pedro sobre sua vida. Eles descobriram que ele havia se mudado de Charleston, Carolina do Sul, para Los Angeles em 1999, depois que suas lutas contra as substâncias químicas e o álcool o levaram a viver nas ruas.

O homem de 54 anos não via sua família há mais de 20 anos. Para complicar as coisas, ele usava o apelido de Franklin Mitchell e não tinha uma identidade, o que tornava quase impossível para seus entes queridos encontrá-lo.

Comovido com sua história, Randi, que dirige uma instituição de caridade para moradores de rua, deu a Pedro uma mochila cheia de comida, água e outros itens essenciais. Ainda assim, ela queria fazer mais.

Ela fez um apelo de donativos no Facebook para que pudessem alojar Pedro num hotel e reuni-lo com a família. Apenas três dias depois, eles levantaram $ 6.500!

Então, munido de nomes e o endereço da avó, o casal vasculhou a Internet em busca de pistas. Depois de encontrar e ligar para vários números errados, eles tiraram a sorte grande quando o tio de Pedro, Pierre Grant, ligou de volta!

“John começou a me contar o que aconteceu entre eles e Pedro, e eu soube imediatamente que ele estava falando sobre meu sobrinho”, disse Pierre ao The Washington Post . “Por mais de 20 anos, oramos e acreditamos que um dia o encontraríamos e o dia finalmente chegou. Isso é um milagre. ”

Graças a todas as doações que receberam, Randi e John puderam levar a prima de Pierre e Pedro, Mia Green, para uma reunião emocionante em 7 de agosto.

Depois de conversar e jantar com Randi e John, os parentes voltaram para Charleston no dia seguinte.

Pedro foi morar com a tia e o tio – e finalmente teve a chance de começar de novo! Claro, ele nunca vai esquecer o casal que mudou sua vida com um pouco de gentileza.

“Seus nomes ficarão para sempre gravados em meu coração”, disse Pedro. “Estou indescritivelmente grato que eles se importaram o suficiente para me levar para casa.”

“Ele tocou nossos corações para sempre e vamos sentir sua falta”, acrescentou Randi . “Mal podemos esperar para ver o que este capítulo reserva para ele.”

Agora, ela espera que sua história incentive mais pessoas a parar e ouvir quando virem alguém vivendo nas ruas.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Fotos: Reprodução/Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.