Johnny Jennings tem 86 anos, mas ele visitou pela primeira vez o Lar das Crianças Batistas da Geórgia, nos Estados Unidos, quando tinha 18 anos, e a visita mudou sua vida para sempre.

Na ocasião, três crianças correram até ele implorando para serem adotadas, e foi exatamente neste momento que Johnny descobriu a sua missão de sua vida.

“Quando fomos sair, esses três garotinhos me agarraram pelos joelhos e disseram: ‘Você será meu pai?’” contou o idoso ao site Today.. “E eu disse que faria o possível. Isso partiu meu coração”.
Daquele dia em diante, Johnny fez tudo o que pôde para ajudar. Como ele não estava pronto para adotar um filho, ele decidiu contribuir financeiramente. Ele não era rico o suficiente para fazer doações usando o dinheiro que ganhava do seu emprego, então passou a coletar papel e produtos de alumínio para trocá-los por dinheiro e assim ajudar a instituição.

Jennings já doou mais de US $ 400.000 ( cerca de R$1.589.200,00 ) nos últimos 30 anos. São necessários muitos produtos de papel para juntar essa soma.

Ao longo desses 30 anos, Jennings se tornou um dos pilares da comunidade de crianças em casa.

“Johnny Jennings é uma das pessoas mais generosas que eu já conheci”, disse Kenneth Thompson, Presidente da Casa Batista das Crianças na Geórgia, “Eu sempre admirei seu espírito calmo e humilde, seu compromisso em ajudar os outros e acima de tudo, o amor pelas nossas crianças”.

Mas como ele consegue todo esse material? Agora que as pessoas sabem sobre seus esforços, o material basicamente vem até ele. As pessoas deixam seus itens recicláveis na casa de Johnny. Além disso, ele ainda coleta materiais em igrejas e organizações.

Johnny também coletou moedas de um centavo, e como dizem: Um centavo economizado é um centavo ganho. Bem, ele economizou muito dinheiro em moedas.

“84.480 (aproximadamente R$ 3.360,00) é um bom montante de moedas de um centavo”, disse Johnny. “Nós mobilizamos a maioria das pessoas da igreja para juntar moedas de um centavo.”

Um dos eventos favoritos de Johnny é a reunião anual da igreja, que é quando ele apresenta seu cheque a cada ano. Durante esse período, as crianças que moram na casa das crianças também estão presentes e ele adora a oportunidade de passar um tempo com elas.

Graças a Johnny, as crianças que sofrem com a falta de uma família puderam ter uma vida mais confortável, e só isso já é conquista o suficiente para justificar um trabalho de mais de 30 anos.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Today.
Fotos: Reprodução/Today.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.