O craque português Cristiano Ronaldo está à procura das funcionárias do McDonald’s que o alimentavam com hambúrgueres. O jogador teve uma infância bastante pobre na ilha da Madeira e pedia comida na porta da lanchonete.

Em entrevista ao jornalista britânico Piers Morgan, o atleta de 34 anos revelou que tenta localizar Edna e outras duas mulheres que trabalhavam na rede de restaurantes.

“Nós passávamos um pouco de fome. Tinha um McDonald’s perto do estádio e a gente batia na porta e pedia alguns hambúrgueres. Edna e as outras duas garotas sempre nos ajudavam. Nunca mais as vi”, revelou o craque.

Cristiano Ronaldo tem a intenção de agradecê-las pelo apoio e já planejou tudo. “Quero convidá-las para virem até Turim, porque quero entregar algo de volta”. Piers Morgan escreveu no Twitter que eles podem ter encontrado Edna.

Na mesma entrevista, o jogador cedeu à emoção ao assistir um vídeo do pai, falecido em 2004, vítima de complicações no fígado relacionadas com o abuso de álcool. OCristiano Ronaldo tem origem humilde e dividia o quarto com os três irmãos na infância.

Hoje, é um dos atletas mais importantes e vencedores da história do futebol.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Hypeness.
Foto destacada: Reprodução/ITV.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.