Reconhecida mundialmente pelo investimento em saúde pública, a República de Cuba deu início a um programa pioneiro de prevenção à disseminação do vírus do HIV.

Ainda em fase de testes na ilha caribenha, a iniciativa tem a intenção de entregar gratuitamente a PrEP, uma pílula de profilaxia pré-exposição, à população cubana – hoje a mais populosa do Caribe, com 11 milhões de habitantes.

A pílula começou a ser distribuída no município de Cárdenas, em Matanzas. O governo espera expandir o serviço para todo o país até o fim do próximo ano.

A PrEP, quando ingerida corretamente, reduz a probabilidade de contaminação pelo HIV em até 90% dos casos.

Cárdenas foi escolhida pelas autoridades por conta da sua alta incidência de disseminação do HIV– são 234 pessoas com o vírus, com uma média de 30 novos casos por ano.

O Brasil é um dos poucos países que também oferecem pílula similar pelo sistema de saúde pública – junto, nas Américas, de Bahamas, Barbados, Canadá e EUA. O programa cubano é realizado em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Razões para Acreditar.
Foto: Reprodução/Hypeness.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.