Quando você pensa na Faculdade de Direito de Harvard, algumas coisas provavelmente vêm à sua mente – riqueza, prestígio, bibliotecas imensas. Você provavelmente não pensaria em um trabalhador que acorda às quatro da manhã todos os dias para limpar lixeiras e separar o lixo antes os estudos.

Mas, então, você não conhece Rehan Staton.

Embora ingressar na faculdade de Direito de Harvard não seja uma tarefa fácil para quase ninguém, Rehan, cuja família era muito pobre, sentiu que as dificuldades eram ainda maiores para ele. Mas se engana quem pensa que ele credita sua conquista apenas a si mesmo – ele dá a maior parte para as pessoas ao seu redor.

O estudante de 24 anos disse à imprensa local: “Depois de passar por tudo o que fizemos em família, senti que entramos em Harvard e, tipo, não consigo nem explicar. Não foi apenas eu, fomos’nós’.” A comunidade ao seu redor fez toda a diferença, diz ele.

Rehan admite que estava “faminto por mais” depois de viver anos de lutas familiares e pobreza. Enquanto crescia em Bowie, Maryland, sua mãe abandonou a família e se mudou do país. Ele tinha apenas 8 anos de idade. No entanto, foi também quando ele começou a aprender o valor do trabalho duro. Seu pai teve que trabalhar em vários empregos para apoiar Rehan e seu irmão mais velho, Reggie.

Aqueles tempos testaram a família como um todo. À medida que as notas de Rehan caíam, ele canalizou sua energia para o esporte. Ele se destacou no boxe e nas artes marciais e venceu competições nacionais e internacionais que, segundo esperava, o ajudariam a sair da pobreza – mas uma lesão no manguito rotador atrapalhou completamente os seus planos.

Depois de anos de luta, as notas do ensino médio de Rehan foram tão ruins que ele foi rejeitado em todas as faculdades em que se candidatou. Então, em vez de ir para a faculdade aos 18 anos, ele aceitou um emprego na Bates Trucking and Trash, que faz a coleta de lixo da sua cidade. Para muitas pessoas, aceitar o emprego seria descer um degrau. Mas para Rehan, foi quando sua vida começou a mudar.

Rehan e seu irmão trabalhavam na empresa de lixo – Fotos arquivo pessoal de Rehan Staton

“Foi a primeira vez na minha vida que eu fui influenciado por um grupo de pessoas que não eram meu pai ou meu irmão e… eles me fortaleceram, me elevaram, me dissetram que eu era inteligente.”

Ele decidiu “ir com a maiorria” quando seus colegas de trabalho o incentivaram a voltar para a escola, e um dos proprietários da empresa, Brent Bates, o ajudou a se matricular na Universidade Estadual de Bowie. Rehan obteve uma média de 4,0 pontos em notas e pôde se transferir para a Universidade de Maryland.

Mas as lutas de Rehan ainda não haviam terminado. Durante seu primeiro ano em Maryland, seu pai sofreu um derrame e Rehan teve que voltar ao trabalho em Bates para salvar a casa da família. Muitas pessoas teriam desistido, mas ele dobrou suas metas. Em vez de abandonar a escola, ele acordava todos os dias às quatro da manhã para trabalhar no turno de saneamento antes da aula.

Ele se formou em 2018 com elogios e foi escolhido para dar um discurso de formatura. Quando fez o teste LSAT, obteve uma pontuação excepcional – no percentil 80 – e começou a se candidatar a faculdades de direito.

Rehan mirou alto – em Harvard.

Felizmente, porque essa escola tem um custo alto, o jovem encontrou outro apoiador. Carmie McCook, uma treinadora de comunicação que o chama de protegido, criou uma página no GoFundMe (um site de vaquinhas online) para ajudá-lo com os custos da faculdade. A meta inicial era de US $ 75.000, porém alcançou mais de US $ 185.000 em doações. Carmie escreveu na página. “Senti uma empatia e uma admiração incríveis por ele. Um vínculo se formou entre nós e eu disse a ele que sempre estaria disponível para ele se ele precisasse de mim para qualquer coisa. Ele agora me chama de ‘mãe’.”

Quando chegou a hora de finalmente ouvir as notícias se Harvard o havia aceito ou não, Rehan gravou o momento em vídeo. Com o irmão sentado ao lado dele, ele abriu o aviso no computador – e a reação deles foi pura alegria.

Fotos: cortesia de Rehan Staton

“Sim, Rehan é esperto, mas o que torna sua conquista ainda mais admirável é sua jornada corajosa para esse momento”, disse sua mentora.

Enquanto a maioria das pessoas que estuda Direito em Harvard tem notas, apoio financeiro e “costas quentes”, Rehan só teve sua própria história de lutas e glórias – a mesma história que faz dele uma inspiração para outros jovens como ele.

Parabéns, Rehan, você merece o mundo!

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Good News Network.
Fotos: Arquivo pessoal/Rehan Staton

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.