A simplicidade e a ingenuidade de uma criança é algo comovente, não é mesmo? Uma menininha de 4 anos perdeu o seu cachorro e resolveu fazer ela mesma os cartazes de “procura-se”. Na sua inocência, a pequena Maria Luiza Sena juntou papel e canetinhas e fez um desenho do seu cãozinho, o Belo, na esperança de que alguém o reconhecesse no desenho e o entregasse de volta para ela. E o mais incrível desta história é o cartaz da garotinha surtiu efeito e ela reencontrou seu amigo peludo.

Quem conta o início desta história é a avó da menina, a dona Maria Isabel Sena. Ela conta que o cãozinho Belo fugiu de casa na quarta-feira (6), por volta das 7h30, no bairro Pricumã, zona Oeste de capital, quando o avô da menina saiu para trabalhar. Ao saber do sumiço, a pequena não pensou duas vezes e decidiu preparar os anúncios.

“Ela ficou triste e com dó ao mesmo tempo. Então, ficou fazendo desenhos do Belo quase a tarde inteira. Fez vários cartazes. Depois colocou tudo dentro de um saco, pôs a mochilinha nas costas e chamou o avô para pregá-los pelo bairro”.

Induzido pela razão, o avô de Maria Luiza ainda tentou convencer a pequena a colocar uma foto do cachorro no anúncio, ao invés do desenho à mão, para que ele fosse reconhecido talvez mais facilmente, mas ela insistiu no desenho, pois o cachorrinho havia sido tosado recentemente e na foto que eles tinham o cachorro não estava igual. Muito sábia essa Maria Luiza, não acha?

Pouco tempo depois de saírem pelas ruas colando os cartazes com a neta, os avós recebem uma ligação informando que o cachorro havia sido encontrado.

De acordo com a avó, o cachorrinho foi encontrado por uma senhora. Depois que ela o resgatou, foi avisada que o cachorro estava sendo procurado por crianças que viram os cartazes de Maria Luiza.

“Primeiro ela ficou estática, em seguida sorriu muito com ar de muita felicidade em tê-lo de volta. O Belo por sua vez demonstrou muita alegria com movimentos circulares em volta da Maria Luiza e muitos latidos”, relatou ao pormenor a avó sobre o reencontro dos dois.

A repercussão nas mídias sociais tem sido enorme:

A imagem que mostra um dos cartazes com o desenho feito à mão pela garota foi compartilhada na página da Associação Roraimense de Cuidados Animais (Arca) e comoveu os internautas. A publicação contou com milhares de curtidas e compartilhamentos.

“Ai….acho que caiu um cisco no meu olho”, disse uma internauta. “Que imagem mais linda. Tô feliz que o Belo voltou para casa e para o amor da Maria Luiza“, comentou outra.
Mais tarde, Iza Sena, tia da menina, comentou a publicação tranquilizando os internautas, dizendo que o cãozinho tinha aparecido. “Achamos [o Belo] graças a insistência dela para sair pelo bairro colando esses cartazes que ela fez”, concluiu.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Portal do Animal.
Fotos: Reprodução/Portal do Animal.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.