Só quem tem um animal de estimação sabe o bem que eles nos fazem. Eles são a companhia mais leal que alguém poderia ter, oferecem o carinho de que precisamos para superar um dia difícil, além de serem capazes de colaborar para a melhora da saúde mental de seus cuidadores. Um estudo realizado por psiquiatras da Clínica Médico-Psiquiátrica da Ordem, na cidade do Porto, em Portugal, e publicado na revista científica Journal of Psychiatric Research, confirmou que o contato de humanos com seus pets é capaz de combater até o tipo mais grave de depressão.

Um bom exemplo de como um animal de estimação pode transformar a vida de uma pessoa é a história da Bruna, que mora em São Paulo. Ela compartilhou em seu Facebook a experiência pela procura de um filhote. Segundo ela, a busca durou alguns dias e, inicialmente, ela tinha preferência por cães da raça border collie ou labrador, até encontrar o escolhido, o seu cão Tike, que era uma mistura entre as duas raças.

Coincidência ou não, ela garante que está muito feliz com o seu novo amigo e que inclusive ele a ajudou a superar uma depressão e ‘lhe trouxe a vida de novo’.

“Desde o primeiro momento eu já te amava muito no fundo do meu coração. Há um mês ele chegou e tem me conquistando cada dia mais e mais. É companheiro, fofo, bonzinho, não deu trabalho nenhum e é muito dócil. Vira-lata da minha vida que me tirou de uma depressão e me trouxe a vida de novo, não importa a raça, todos têm o mesmo coração”, disse Bruna na publicação.

Seja com ou sem raça, os animais de estimação tem esse poder de nos fazer bem, a única coisa que eles exigem em troca é o nosso amor… e alguns petiscos.

***
Destaques psicologias do Brasil, com informações de Amo Meu Pet.
Foto destacada: Facebook / Bruna Ribeiro.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.