Para muitas pessoas, ganhar na loteria é um sonho que pode resolver quase todos os problemas da vida. Mas uma mulher britânica que conquistou o que tantas pessoas desejam no mundo decidiu encarar isso de outra maneira.

Trata-se de Trish Emson, de 51 anos, que em 2003 comprou um bilhete na Loteria Nacional da Inglaterra sem saber que os números que escolheria seriam os vencedores para ganhar mais de 2 milhões de dólares.

No entanto, nas palavras da mulher, tornar-se milionária com seu parceiro Graham Norton não mudou em nada suas vidas. Embora eles agora pudessem pagar os luxos que qualquer um teria desejado, decidiram continuar com suas vidas como antes.

“Ser rico não o torna elegante ou uma pessoa melhor. Não gosto de ostentar, principalmente se for dinheiro.”, ela disse.

E Trish levou sua decisão muito a sério, pois não permitiu que o dinheiro lhe subisse à cabeça. “Quando você olha para mim, você não pensa que sou uma milionária. Se eu tivesse que me disfarçar, me sentiria falsa. Eu prefiro meu jeans”, disse ele.

O casal decidiu continuar morando na casa em que morou toda a vida e assim que nasceu o primeiro filho, Benjamin, duas semanas depois de ganhar na loteria, eles o matricularam em uma escola pública de sua cidade. Somado a isso, Trish continuou seu trabalho como cozinheira na escola de sua cidade natal, Rotherham.

Embora não tenham gasto seu dinheiro em grandes luxos, eles também o usam para coisas específicas. “Eu tenho sido cuidadosa. Não compro carro esporte, tenho um Kia (…) A melhor coisa que compramos foi um trailer. Na verdade, tenho dois, um para minha família e amigos”, explicou.

Além disso, o casal também tirou férias e viajou para alguns destinos turísticos. Entre esses lugares estavam Benidorm, Ibiza e um cruzeiro para o qual Trish pôde convidar sua mãe.

Para ela, mais importante do que o dinheiro foi ter podido ter Benjamin, já que ter filhos era um sonho que teve a vida toda, mas que nunca pôde realizar. É por isso que ela planejou fazer a fertilização in vitro, mas acabou conseguindo engravidar naturalmente.

“Eu teria devolvido todo o dinheiro só por ter engravidado(…) Acho que graças a ganhar na loteria consegui engravidar. Eu estava pensando em outra coisa e simplesmente aconteceu”, concluiu Trish.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.