Se você pedisse à mamãe Deeanna Thomas para descrever seu filho, o pequeno Christian McPhilamy, ela usaria as palavras: Gentil, generoso e obstinado – especialmente quando se trata de ajudar os outros.

O menino, que mora em Melbourne, na Flórida, tinha apenas seis anos quando decidiu assumir uma missão para melhorar a vida de outras crianças. Em 2012, ele viu um comercial do Hospital de Pesquisas St. Jude Children, que o tocou profundamente. O comercial apresentava crianças que perderam seus cabelos por conta do tratamento contra o câncer.

Essas imagens impactaram Christian, e ele então iniciou uma pesquisa online. Logo, ele se deparou com uma instituição de caridade que fornece perucas para crianças que sofrem com a perda de cabelo. Deeanna explicou a ele que as pessoas podem doar seus cabelos para ajudar a fazer as perucas, e a ideia ficou na mente do garoto. Então, pelos próximos dois anos e meio, Christian deixou os cabelos crescerem, unicamente com o objetivo de doá-los para a confecção de perucas para as crianças com câncer.

O processo não foi fácil. Quando as madeixas loiras do garoto começaram a ficar mais longas, ele passou a chamar mais atenção. Não foi de todo ruim, no entanto – seus amigos e professores o incentivaram. Mas alguns de seus colegas começaram a chamá-lo de menina e alguns adultos até o confundiram com uma. Outras pessoas até lhe ofereceram dinheiro para cortar o cabelo. Tudo isso fez com que ele se sentisse “não muito bem”, disse ele. Mas Christian se recusou a deixar que os comentários maldosos o atingissem. Sua missão era muito mais importante.

E tudo valeu a pena em maio de 2015, quando seus cabelos já mediam os 12 centímetros necessários para a doação. Com a ajuda de seus pais, ele dividiu os cabelos em quatro rabos de cavalo…

… E finalmente os cortou!

Christian colocou-os cuidadosamente em sacos separados, depois os enviou para a instituição que confecciona perucas. A instituição de caridade com sede em Michigan doa às crianças e adolescentes de 2 a 21 anos de idade uma peruca todos os anos, desde que tenham uma condição médica documentada. Graças à persistência de Christian e dos seus familiares e amigos, suas doações garantirão que a caridade possa continuar.

“Estou muito orgulhoso do meu filho”, escreveu Deeanna no Facebook. “Ele fez uma coisa linda. Ele me surpreende todos os dias com a sua generosidade”.

Hoje em dia, Christian ostenta um cabelo curtinho, mas quem sabe? Ele pode decidir fazer outra doação em alguns anos. De qualquer forma, este é um garoto que claramente se preocupa com outras pessoas e, como tal, deve ser parabenizado por seu enorme coração!

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Fotos: Reprodução/Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.