Quando a mãe do bebê Richard, Beth, entrou em trabalho de parto prematuro, ele demoraria 131 dias para nascer. Pesando apenas 340 gramas e medindo 12 centímetros de comprimento na época de seu nascimento, a idade gestacional de Richard era de escassas 21 semanas e dois dias.

Depois que o bebê foi enviado para a Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) no hospital Children’s Minnesota em Minneapolis (EUA), seus pais foram informados de que ele tinha 0% de chance de sobrevivência. Mas Richard decidiu provar que os médicos estavam errados – e foi exatamente o que ele fez.

A cereja do bolo do primeiro aniversário de Richard foi ter seu nome oficializado no Guinness World Records (GWR) como “o bebê mais prematuro a sobreviver”.

Mas o caminho até esta data de celebração não foi fácil para Richard e sua família. Restrições da pandemia de coronavírus impediram seus pais de ficarem no hospital com ele, então a cada dia, o pai do bebê, Rick, fazia o trajeto de ida e volta da casa da família em St. Croix County, Wisconsin para Minneapolis para visitar seu filho recém-nascido.

“Tínhamos que estar lá para dar apoio a ele”, disse Rick ao Livro dos Record. “Acho que isso o ajudou a superar as dificuldades porque ele sabia que podia contar conosco.”

“Rick e Beth lutaram por Richard dia após dia e nunca pararam de apoiar seu bebê durante todo o tempo”, disse a neonatologista Dra. Stacy Kern ao GWR. “A força e capacidade do dois de se manterem positivos e esperançosas, mesmo durante os momentos mais estressantes e difíceis, foram inspiradoras.”

Seis meses depois, Richard finalmente estava pronto para ir para casa.

“Eu não conseguia acreditar que este era o mesmo menino que já esteve tão doente, que inspirou preocupações de que [pudesse] não sobreviver”, disse Kern.

“O mesmo menininho que cabia na palma da minha mão, com a pele tão translúcida que dava para ver todas as costelas e vasos de seu corpinho. Eu não pude deixar de apertá-lo e dizer a ele o quão orgulhoso eu estava dele.”, completou.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Good News Network.
Fotos: Guinness World Records.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.