Desde o início do movimento #MeToo, a atriz Emma Watson é uma das principais defensoras da prevenção do assédio no local de trabalho – e o lançamento de seu mais recente projeto está ajudando a fazer exatamente isso.

Em agosto, Watson colaborou com o Fundo de Justiça e Igualdade da Time’s Up no Reino Unido para criar uma linha telefônica que fornece aconselhamento jurídico gratuito para mulheres que sofrem assédio no local de trabalho.

A linha direta, disponível para mulheres na Inglaterra e no País de Gales, atualmente está aberta apenas às segundas e terças-feiras – embora o grupo tenho tenha expressado que planeja expandir seu horário de funcionamento no futuro.

Pesquisas sugerem que 1 em cada 2 mulheres sofreram assédio sexual no trabalho, embora apenas 1 em cada 5 se sinta à vontade em denunciar o assediador ao setor de recursos humanos. O aconselhamento jurídico da linha direta será fornecido pela equipe jurídica da Rights of Women e por advogadas voluntárias por meio de uma linha telefônica dedicada especifcamente a isso. As mulheres que telefonarem poderão obter aconselhamento jurídico especializado sobre qual comportamento constitui assédio sexual, como apresentar queixa contra seu empregador, como fazer uma reclamação no Tribunal do Trabalho, e acordos legais relacionados a problemas enfrentados por mulheres que sofrem assédio no local de trabalho.

A linha de aconselhamento é financiada pelo Fundo de Justiça e Igualdade do Time’s Up no Reino Unido, gerenciado pelo Fundo Britânico para Mulheres e Meninas, e é impulsionada por doações de outras celebridades como Watson, que doou US $ 1,2 milhão ao projeto.

Watson publicou uma declaração no lançamento da linha direta, dizendo: “É completamente surpreendente pensar que este é o único serviço desse tipo, uma vez que a pesquisa descobriu que até uma em cada duas mulheres sofre assédio no local de trabalho.”

“Finalmente, parece que as pessoas estão percebendo a escala do problema, e certamente espero que, com padrões globais, como o recente tratado da Organização Internacional do Trabalho sobre assédio, começaremos a ver um novo clima de prevenção e prestação de contas sobre esta questão no mercado interno.

“Compreender quais são seus direitos, como você pode reivindicá-los e as opções que você tem se tiver sofrido assédio é uma parte vital da criação de locais de trabalho seguros para todos, e essa linha de aconselhamento é um desenvolvimento tão grande para garantir que todas as mulheres sejam apoiadas, onde quer que trabalhem”, concluiu.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Good News Network.
Foto destacada: Reprodução/CBS News.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.