Aimee O’Rourke, de 38 anos, era enfermeira e mãe de três filhos. Vítima de covid-19, ela faleceu no Hospital Queen Elizabeth The Queen Mother, em Margate, onde também havia trabalhado.

A enfermeira apresentou os primeiros sintomas da doença há duas semanas. Foi só nos últimos dias que a sua condição piorou. Ela chegou a ir para a UTI, mas não resistiu e faleceu.

A enfermeira Aimee foi mais uma vítima do coronavírus (Foto: Reprodução Facebook)

Aimee recebeu muita homenagens da filha mais velha Megan Murphy, 23, no Facebook. Em uma delas, ela escreveu que “fomos nos quatro contra o mundo” e que tinha orgulho de todas as vidas que a mãe cuidou e de todas as famílias que ela confortou quando perdiam seus entes queridos. “Você é um anjo e terá sua coroa de rainha do NHS [último hospital que trabalhou] para sempre. Um dia contarei aos seus netos sobre como você queria ser chamada todos os dias! Não acredito que terei que seguir a vida sem você. Tenho que ser forte”, disse.

Em um post feito no dia 1 de março, quando a mãe aindsa lutava contra a doença, a filha escreveu desesperada que não podia ficar sem o seu porto seguro. “Por favor, acorde! Se perdermos você, não posso continuar. Saiba que tudo o que faço, faço por você. Você é o meu mundo! Por favor, acorde”.

Em outro post, depois que a mãe faleceu, a menina disse que a mãe era seu amor verdadeiro e sua melhor amiga. “Não tenho palavras. Nada do que disser agora pode explicar o que estou sentindo. Mal posso esperar para segurar sua mão novamente quando nos encontrarmos do outro lado. Sempre seremos suas três filhas. Você era tão corajosa e suas asas estavam prontas, mas nossos corações não”, disse.

Aimee em foto antiga com as três filhas (Foto: Reprodução Facebook)

Soraya Zanders, amiga de Aimee, criou uma página do GoFundMe para arrecadar dinheiro para a família. Em entrevista ao Mirror, ela disse que era abençoada por ter conhecido Aimee e que gostaria de arrecadar fundos para ajudar seus filhos. “Nenhuma quantia será o suficiente para a vida que Aimee e sua família deram. Sua família merece a mais alta honra, assim como todos os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente. Eles estão oferecendo suas vidas para salvar muitos”, disse.

Na página do Facebook do hospital, um post diz, “Nossa heoína ganhou asas, deixando para trás três filhos lindos”. A enfermeira também recebeu depoimentos de vários amigos de trabalho. A colega Lucy Page escreveu: “De vez em quando, pessoas especiais entram nas nossas vidas para causar impacto. Aimee O’Rourke me ensinou a lutar pelo que acredito e me deu coragem tantas vezes quando eu precisei. Tive ainda mais sorte por ser sua amiga pessoal e colega de trabalho. Não sei dizer quantas vezes a vi lutando pelo que era certo para seus pacientes. Aimee amava todas as suas três lindas garotas, amigos e familiares e se esforçava ao máximo para protegê-los. Você sabia que, se tivesse um problema, ela estaria lá antes mesmo de você desligar o telefone. Ela foi incrível e eu sou a pessoa mais orgulhosa a dizer que ela era minha amiga. Aimee, eu te amo e vou lembrar de você todos os dias. Você era uma em um milhão e vai deixar um vazio em todos os nossos corações para sempre. Já sinto sua falta”, disse.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Crescer.
Foto destacada: Aimee em foto antiga com as três filhas (Foto: Reprodução Facebook).

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.