Quando se imaginava o futuro há 30 ou quarenta anos, muitos apostavam em carros voadores, casas suspensas no ar, hologramas e muitas outras previsões “mirabolantes”. O mais curioso é que, mesmo que de outras maneiras, muitas dessas previsões que pareciam impraticáveis antes, hoje já são realidade no nosso dia a dia em 2020. E mais uma previsão mirabolante prestes a se tornar realidade são cães robôs interagindo com seres humanos como se tivessem vida. De acordo com o portal de notícias UOL, idosos na Flórida que estão isolados por conta da pandemia de coronavírus podem começar a receber a doação cães robôs para aplacar a solidão.

O anúncio foi feito ontem pelo Departamento de Idosos do estado norte-americano. Serão entregues entre 375 e 400 animais de estimação do tipo para “idosos e adultos socialmente isolados que vivem com a doença de Alzheimer e demência relacionada”.

De acordo com o órgão, os cães robôs devem contribuir no combate à depressão entre idosos com essas condições, “melhorando o humor geral e a qualidade de vida”.

Ainda segundo o Departamento de Idosos da Flórida, “Familiares e cuidadores notam redução no estresse e se beneficiam quando os animais de companhia permitem um maior envolvimento com o idoso e seu ambiente”.

Os animais robóticos são uma alternativa à terapia tradicional de animais de estimação. “As pesquisas mostram que eles têm efeitos positivos semelhantes”, informou o Departamento.

Os cães robóticos a serem distribuídos no estado responde a movimentos, toques e som dos humanos.

***
Destaques Psicologias do Brasil.
Foto destacada: Pixabay.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.