Muita gente ainda questiona a importância da representatividade, e a essas pessoas uma das melhores respostas pode vir através de exemplos de como ela pode fazer bem à autoestima de uma pessoa. E o mais recente exemplo disso á a hstória do pequeno Ben, de 1 ano, que teve a melhor reação ao achar que o menino da foto no pacote de fraldas era ele.

A mãe do garotinho, Rose Bennett, conta que precisou adquirir um pacote de fraldas diferente daquele que o filho costuma usar. Certo dia, quando foi trocar a fralda dele, o pequeno olhou para o pacote e exclamou “Ben!”, como se o garoto que aparece na embalagem fosse ele.

Mesmo insistindo que aquele garotinho da embalagem não era ele, a mãe dele não conseguiu convencê-lo. O pequeno estava convicto e ficou bastante apegado àquela imagem, andando pra cima e pra baixo com o pacote de fraldas. Ele até dormia abraçado com o pacote!

“A representatividade é mais importante do que pensamos. Quero ver outros bebês que pareçam com ele, então ele irá saber que existem outros e que é possível para ele ser um modelo”, afirmou Rose, que mora na Flórida (EUA), em entrevista ao The Huffington Post.

E neste tweet podemos conprovar que Ben e o menino da embalagem de fralda realmente são muito parecidos. Veja só:

Não seria lindo se garotos negros como Ben estivessem acostumados a se ver representados na TV, nos outdoors e nas embalagens de produtos?

Por um mundo com mais representatividade!

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Razões para Acreditar e Vila Mulher.
Foto destacada: Reprodução/Twitter.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.