As pessoas muitas vezes consideram a capacidade de comunicação algo garantida, mas quando você cresce com um irmão que não é verbal, isso muda a maneira como você vê o mundo.

Archer Calder é um adolescente de 16 anos que mora em Utah, nos Estados Unidos. Sua irmã é Della, de 14 anos, que tem uma doença genética rara chamada Síndrome de Bainbridge-Ropers. Mesmo que Della não seja capaz de falar, ela e seu irmão compartilham um forte vínculo.

“Sempre foi um sonho meu poder me comunicar com ela da mesma forma que o faria com qualquer outra pessoa”, ele disse.

O que ele encontrou online foi decepcionante. Os aplicativos disponíveis eram proibitivamente caros e não ofereciam tudo o que ele procurava. Como Archer sempre amou codificação e programação de computadores, ele decidiu fazer seu próprio aplicativo.

Não apenas isso, mas Archer estava determinado a tornar seu aplicativo melhor do que os já existentes, com código totalmente aberto e gratuito. Foi assim que nasceu o Freespeech.

Archer diz que sentiu a necessidade de ajudar sua irmã a se comunicar porque queria ouvir seus pensamentos, mas ele também tem um motivo ainda mais pessoal. Enquanto crescia, ele teve uma gagueira que o impedia de se expressar. Ele levou quatro anos de terapia fonoaudiológica para superar o obstáculo, e a sensação de não ser capaz de dizer suas palavras o prendeu.

Freespeech é uma Comunicação Aumentativa e Alternativa que ajuda as pessoas a se comunicarem pressionando botões visuais que representam palavras. Usuários como Della podem formar frases pressionando vários botões em uma sequência. O resultado é um aplicativo fácil de usar que abre um novo mundo de comunicação para pessoas não-verbais.

“Foi diferente crescer com uma irmã com quem eu não podia conversar”, explicou Archer. “Usando um aplicativo que criei para ela, acho que foi uma das primeiras vezes que consegui me comunicar com ela, mais ou menos como faria com qualquer outra pessoa. Com alguém que pudesse falar. Então esse foi um momento especial para mim. ”

Archer já viu uma mudança na vida de sua irmã.

“Definitivamente, há uma mudança sempre que ela consegue usar a liberdade de expressão e consegue captar essas coisas que quer falar, coisas de que gosta, e consegue comunicar isso como qualquer outra pessoa faria, por meio do iPad.”, disse Archer.

Della é o sujeito de testes de Archer, então ele freqüentemente ajusta o código para melhorá-lo. Ao tornar o código-fonte público, ele incentiva outros programadores a torná-lo seu e melhorá-lo. Ele também está empenhado em manter o aplicativo Freespeech gratuito, não importa o que aconteça. Ele estreou no TikTok, e a resposta foi tão positiva que ele acabou compartilhando no GitHub, onde programadores experientes ajudaram a aprimorá-lo.

“Nossa visão é criar uma alternativa gratuita para os caros aplicativos AAC que existem”, afirma o site. “Queremos criar um teclado universal estático para a pessoa não verbal, permitindo a experiência do usuário mais eficiente. Chaves personalizadas também estão incluídas, mas o aplicativo vem pré-carregado com um vocabulário extenso.”

Archer diz que mesmo que o Freespeech ajude apenas uma pessoa, sua irmã, todo o tempo e esforço que ele investiu valeram a pena. De alguma forma, temos a sensação de que o aplicativo de Archer vai ajudar muito mais do que apenas uma pessoa!

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Inspire More.
Fotos: Youtube.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.