A pandemia de coronavírus deixou feridas profundas na sociedade. Mas também nos deixa de legado histórias comoventes de pessoas que conseguiram vencer a doença.

Embora seja um diagnóstico difícil de enfrentar, devido aos conhecidos efeitos do vírus no organismo, há quem enfrente todos os percalços da doença com a força de um verdadeiro lutador. É o caso de uma idosa de Calcutá, no leste da Índia, que não parou de festejar quando se recuperou.

Como pôde ser visto em uma fotografia compartilhada pela jornalista Pooja Mehta no Twitter, a idosa não conteve sua emoção e abraçou chorando um dos médicos que a trataram no hospital, em sinal de gratidão por tâ-la ajudando a se salvar.

“Após vencer sua batalha contra a COVID-19, uma mulher de 75 anos de idade abraçou a Dra. Abhishikta Mullick no Medical College & Hospital, em Calcutá, quando recebeu alta hoje (1º de maio)”, comentou Pooja no post que também vinha acompanhado de duas fotos da idosa e da médica.

“Não tenho palavras para agradecer o suficiente a esses ‘deuses’ no hospital”, acrescentou a jornalista.

A alegria da idosa ao se recuperar da doença não é injustificada. Como se sabe, os idosos correm maior risco ao contrair COVID-19, pois seus organismos podem apresentar sintomas mais graves e as chances de óbito são maiores.

Além disso, o contágio ocorreu justamente no momento em que o país asiático apresenta um aumento significativo de casos confirmados de coronavírus. Enquanto os cidadãos lutam contra esta nova onda de infecções, os hospitais entram em colapso devido ao número de pacientes que são admitidos para serem hospitalizados.

No total, a Índia registrou um acumulado de quase 20 milhões de casos de coronavírus desde o início da pandemia até esta segunda-feira, 3 de maio.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Pooja mehta.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.