Em recente entrevista para a revista Ela, a atriz Grazi Massafera tratou de algusn assuntos epinhosos; entre eles, falou, sobre experiências de assédio na carreira.

“Houve um momento profissional em que estava numa novela, e tinha um produtor casado na equipe que dava em cima de mim. Deixei claro que “não”. E, a partir daí, ele começou a me menosprezar, boicotar e destratar no que se referia às questões da personagem. Eu não tinha mais retorno dele, e tudo foi se tornando muito difícil. Ainda estava amadurecendo como atriz, precisando de um auxílio, mas tive a infelicidade de lidar com esse tipo de gente”, contou Grazi.

“Por outro lado, houve momentos em que consegui responder de um jeito descontraído. Uma vez, estava indo trabalhar numa van, e toda a equipe havia dormido, menos eu e outro produtor. Ele virou para mim e disse: ‘Seus olhos brilham até no escuro’. Respondi com algo que minha mãe dizia: ‘É verme’. Eu naturalizava essas coisas. Hoje, não mais”, disse Grazi.

A atriz contou ainda que tem utilizado seu tempo livre para estudar questões ligadas ao racismo estrutural, feminismo e temas sensíveis para ela, como o assédio que sofreu nos bastidores de uma novela.

“Tenho pensado muito sobre a expressão ‘mimimi’. Primeiramente, li aquela frase de que ‘mimimi’ é a dor do outro que você não sente. Mas estou também ressignificando isso. Acredito que é a sua dor para a qual você não quer olhar”, contou Grazi.

“Por mais que seja branca, dentro de todo o padrão mais favorecido, também tenho as minhas questões que toda mulher precisa lidar na carreira e na vida”, disse.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UOL.
Foto destacada: Reprodução/Instagram.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.