Nem todos os heróis usam capas – mas quando se trata de ajudar animais em perigo, alguns realmente usam capas. Isso é o que uma cachorrinha pit bull sem teto chamada Koko aprendeu quando um herói mascarado – e usando capa – mudou sua vida para sempre.

Vivendo em uma instituição que acolhe cães de rua na Flórida, Koko esperou dia após dia, pacientemente por uma família que a escolhesse para adoção. Mas, antes que esse dia pudesse chegar, ela foi colocada na lista de eutanásia. Com uma expectativa de apenas mais uma hora de vida antes que fosse sacrificada, Koko foi retirada do abrigo por sua mãe adotiva e meses depois encontrou um lar definitivo em Gatlinburg, Tennessee.

O único problema? Ela não tinha como chegar lá. E foi aí que entrou em cena o Cavaleiro das Trevas – também conhecido como Chris Van Dorn, fundador da organização sem fins lucrativos de resgate de animais, Batman 4 Paws .
Uma viagem de oito horas com uma elaborada fantasia de Batman é um dia de trabalho para Van Dorn. “Eu diria que sou apenas o intermediário”, disse Van Dorn ao site The Dodo. “Os verdadeiros heróis são as pessoas que dão a esses cães um lar bom e amoroso.”

Reprodução/MSN News.

Koko é um dos muitos cães e gatos que Van Dorn ajudou a transportar de abrigos superlotados para a segurança de seus lares definitivos.

Mesmo que se vestir como Batman não seja necessário para salvar a vida de um animal, isso ajudou Van Dorn a dar visibilidade à causa animal e provocar uma discussão sobre a importância da adoção.

“O traje apenas deixa todo mundo feliz e sorri”, disse Van Dorn. “É especial ver o Batman andando por aí e, quando descobrem que ele está fazendo uma boa ação no mundo, ficam ainda mais excitados”.

“Isso meio que veio apenas como uma maneira de incorporar todo o bem que eu queria fazer no mundo”, ele acrescentou, “e tornar mais fácil para as pessoas falarem comigo logo de cara.”

Van Dorn cresceu assistindo a série animada do Batman e começou a se voluntariar para realizar resgates de animais quando sua família adotou um pastor australiano chamado Mr. Boots. Quando chegou a hora de Van Dorn começar sua própria organização de resgate, ele decidiu fazer isso como Batman, e às vezes levando o Mr. Boots vestido como Robin.

Reprodução/MSN.

Todo super-herói tem uma identidade secreta e, para Van Dorn, usar uma máscara era uma forma intencional de manter o foco em sua missão de salvar animais.

“Quando comecei, mantive tudo realmente anônimo”, disse Van Dorn. “Eu assinava tudo como ‘Bruce Wayne’ e não expunha meu verdadeiro nome… Meu slogan é: ‘Não é quem eu sou embaixo da máscara que me define, mas o que eu faço’, e eu ainda mantenho esse pensamento hoje.”

Seu disfarce foi descoberto quando a GoFundMe – plataforma de arrecadação de dinheiro online- homenageou o seu trabalho solidário, nomeando-o como seu herói do mês de maio. Van Dorn espera que em breve possa comprar um avião para poder levar os animais para seus lares definitivos toda semana.

Reprodução/MSN News.

Todo super-herói tem uma identidade secreta e, para Van Dorn, usar uma máscara era uma forma intencional de manter o foco em sua missão de salvar animais.

“Quando comecei, mantive tudo realmente anônimo”, disse Van Dorn. “Eu assinava tudo como ‘Bruce Wayne’ e não expunha meu verdadeiro nome… Meu slogan é: ‘Não é quem eu sou embaixo da máscara que me define, mas o que eu faço’, e eu ainda mantenho esse pensamento hoje.”

Seu disfarce foi descoberto quando a GoFundMe – plataforma de arrecadação de dinheiro online- homenageou o seu trabalho solidário, nomeando-o como seu herói do mês de maio. Van Dorn espera que em breve possa comprar um avião para poder levar os animais para seus lares definitivos toda semana.

Reproduação/MSN News.

Mas, por enquanto, ele está usando seu Batmóvel e fazendo a diferença sempre que pode. “As ações falam mais alto que palavras e eu estou apenas fazendo o meu melhor para esvaziar as celas”, disse Van Dorn. “E eu desafio alguém a ir ao seu abrigo local porque é um lugar deprimente, mas se você puder ajudar de alguma forma – seja para criar um cachorro ou adotar um cachorro ou simplesmente oferecer seu tempo, então você deve sair e fazer isto.”

***
Traduzido por Destaques Psicologias do Brasil, de MSN News.
Foto destacada: Reprodução/MSN News.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.