Um homem tem sido chamado de herói por ter arriscado a própria vida para resgatar uma família que estava presa em uma casa em chamas. O caso aconteceu na última terça-feira (8).

Uma mãe de 34 anos e seus quatro filhos pequenos, de 12, 8, 6 e 4 anos, estavam dormindo em sua casa em Jamestown, nos Estados Unidos, quando um incêndio começou a consumir a casa.

Ryan Pasborg estava atrasado para o trabalho na manhã de terça-feira enquanto viajava de sua casa em Green River para a cidade quando sentiu cheiro de fumaça e viu chamas saindo da janela de uma casa.

Quando ele não nenhuma sinal de resgate, o homem de 32 anos decidiu entrar na garagem, onde viu uma jovem e dois meninos saindo de casa. As três crianças disseram ao homem que sua mãe e seu irmãozinho de 4 anos ainda estavam lá dentro – e sem hesitar ele entrou na residência pela porta da garagem e adentrou a cozinha.

Ryan disse às autoridades que não conseguia ver nada dentro da casa por causa da fumaça pesada, então ele se arrastou de quatro no chão até a cozinh, antes de esbarrar na criança pequena. Ele imediatamente agarrou o menino pela cintura e o carregou para fora.

Com uma temperatura de vento bem abaixo de zero, Ryan rapidamente colocou todas as quatro crianças em seu caminhão para mantê-las aquecidas antes de entrar na casa em chamas pela segunda vez, desta vez rastejando pela cozinha para dentro da casa em busca da mãe das crianças.

Momentos depois, Pasborg encontrou a mulher deitada no chão, gravemente queimada e lutando para respirar. Depois de arrastá-la para fora, ele notou que ela não respondia e não respirava mais, então ele começou a realizar medidas de salvamento até que ela de repente respirou fundo.

Pasborg então levou a família para longe do fogo, agora violento, até o final da calçada perto da rodovia e esperou a chegada dos socorristas de emergência.

O xerife adjunto Jason Mower disse que não se lembra de ter testemunhado tal coragem e abnegação como a demonstrada por Ryan Pasborg.

“Acho que esta é a primeira vez em quase 15 anos de aplicação da lei que eu já ouvi falar de um total estranho realmente arriscando a própria vida em uma situação que muitos não ousariam enfrentar”, disse Mower. .

“É uma bênção que o Sr. Pasborg estava no lugar certo na hora certa. Sua disposição em arriscar sua própria vida para ajudar a salvar esta família foi o que salvou esta jovem mãe e seu filho; ele deu a eles uma chance de lutar”, disse o xerife John Grossnickle em um comunicado.

“Não há palavras para expressar adequadamente a magnitude da bravura de Ryan. Ele é um exemplo perfeito do que significa ser um verdadeiro herói”, continuou Grossnickle.

Não apenas a bravura de Ryan Pasborg chamou atenção da sua comunidade, mas também sua generosidade e compaixão. Mais tarde, o homem gastou várias centenas de dólares em roupas e mantimentos e entregou à família na casa de sua avó.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Good News Network.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.