Na cidade de Chhindwara, em Madhya Pradesh (Índia), um fazendeiro de 50 anos não suportou a decepção com o comportamento de seus filhos e decidiu puni-los de uma maneira exemplar. Ele optou por excluir os filhos do testamento e deixar metade dos seus mais de 7 hectares de terra ao seu cão, que para ele é como um filho.

O fazendeiro em questão é Om Narayan Verma. Além de deixar 50% de sua propriedade para sua segunda esposa, Champa, decidiu que os outros 50% pertenceriam a seu cachorro Jack, que sempre esteve ao seu lado. Quando se trata dos filhos, o homem só tem palavras negativas. Om garantiu que apenas sua segunda esposa e seu cachorro cuidaram dele.

“Minha esposa e meu cachorro cuidam de mim. Após minha morte, quero que minha segunda esposa, Champa, e o cachorro Jack herdem todas as propriedades que tenho. A pessoa que cuida do cachorro herdará a propriedade que reservei para ele”, escreveu o fazendeiro em seu testamento.

Para o fazendeiro sua esposa tem sido alguém de fundamental importância em sua vida, cuidando dele e dando a atenção que ele tem precisado ao longo dos anos. Jacky, por sua vez, tem sido como o filho que ele gostaria de ter.

Nai Dunia

De acordo com a mídia local, a primeira esposa de Om se chama Dhanvanti Verma. Com ela, o fazendeiro teve três filhas e um filho. Todos estão longe de ganhar a aprovação do pai. Com a segunda esposa, o homem teve duas filhas.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Nai Dunia.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.