Na contramão da superficialidade e da “ditadura da perfeição estética” que ainda dominam as redes sociais, uma influenciadora chamada Robyn Germyn decidiu usar a sua conta no Instagram para transmitir uma mensagem de amor-próprio e empoderamento feminino para suas seguidoras.

A modelo começou a postar conteúdo para encorajar seus seguidores a se amarem do que jeito que são. E a maneira que encontrou para fazer isso foi revelando que sofre de alopecia areata, doença que causa queda súbita de cabelo e deixa falhas circulares de calvície no couro cabeludo.

Assim, a modelo passou a publicar fotos sem as perucas, revelando sua real aparência convivendo com a alopecia. Mas foi um vídeo específico que explodiu na internet e atingiu 1,3 milhão de visualizações. Nesse post, a influenciadora escreveu: “Nesse mundo de redes sociais que nos impulsiona a parecermos sempre perfeitos, lembre-se que está tudo bem não estar bem. Você é tão digno e bonito de qualquer jeito!”

Germyn fez uma série de publicações nas quais mencionou a forma como as pessoas são mostradas nas redes sociais e explicando o quão valioso é se mostrar como se realmente é. “Filtros condicionaram nossos cérebros a pensar que é assim que todos deveriam ser. Dá medo. Pensar que você não será aceito se não tiver essa aparência é ainda mais assustador”, escreveu ela em outro post.

Após essas postagens, as pessoas preencheram seu perfil com comentários elogiosos, muitos dizendo que o conteúdo que a jovem publica ajuda pessoas que sofrem com a mesma doença, ajudando assim a elevar a autoestima e a segurança.

Germyn ficou surpresa com a recepção positiva de seus seguidores. “Eu sou muito grata (…) um milhão de pessoas viram a minha mensagem. Me sinto mais inspirada e fortalecida depois disso.” escreveu a influencer.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Instagram @robyngermyn

Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.