A influenciadora digital russa Marina Balmasheva, de 35 anos, ficou mundialmente famosa quando ganhou os noticiários a sua história de amor pouco convencional com Vladimir Shavyrin, de 21 anos. Ela o conheceu quando ele tinha apenas 7 anos. Na época, ela era casada com o pai dele, Alexey Shavyrin, 45.

Mariana e Alexey foram casados por dez anos. Hoje, ele a acusa de ter seduzido seu filho após ele voltar para casa de férias da universidade. “Eu a teria perdoado a traição, se não fosse meu filho. Ela estava correndo do nosso quarto para a cama do meu filho quando eu estava dormindo. Depois disso, ela voltou e se deitou na cama comigo como se nada tivesse acontecido”, disse ele, segundo o Daily Mail.

Recentemente, Marina voltou a chamar a atenção dos tablóides ao aunciar o nascimento de sua primeira filha com Vladmir. Ela postou fotos da bebê recém-nascida em seu Instagram pessoal.

A menina nasceu na maternidade de Krasnodar, pesando pouco mais de 3,6 kg.

Vladimir não estava presente no nascimento da filha, mas a influenciadora não revelou se isso se deve a restrições da pandemia de covid. Marina disse que estava uma “bagunça completa” após nascimento e comentou que a bolsa rompeu enquanto ela assistia Game of Thrones. “Está tudo muito bem conosco”, disse ela. “[O bebê] não dormiu muito bem à noite, mas [ela] está dormindo desde as 6 da manhã”, comentou.

Anteriormente, Marina deu detalhes da gravidez aos seus seguidores e revelou como passou por uma sucessão de tratamentos de cirurgia plástica para se tornar atraente para seu novo esposo, que ela chama de “os olhos azuis mais charmosos do mundo”. “Tantas pessoas me dizem para usar maquiagem por causa do meu jovem marido. Mas tem uma coisa: ele se apaixonou por mim por todas as minhas cicatrizes de cirurgias plásticas, celulite, pele excessiva e personalidade. E não quero parecer melhor do que sou”, disse ela.

à respeito do casamento anterior, a influencer afirmou que “não era viver, mas simular”. “Tive pena de ter destruído a família? Sim e não. Tive vergonha de ter matado a estabilidade de ‘mamãe e papai’. Eu queria voltar para o meu ex? Não. Sinto raiva e ódio por ele? Não mais. Ele é uma boa pessoa e um pai maravilhoso para nossos filhos… Como as crianças reagiram às mudanças? Com absoluta calma. O que eu tenho ​​hoje? Eu sou casada. Mudei-me para uma cidade maior. Amo e sou amada”. afirmou. Marina e o ex tem quatro filhos adotivos.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Revista Crescer.
Fotos: Reprodução/Instagram.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.