Na manhã desta segunda-feira (7), a empresária e influenciadora digital Sarah Fonseca recorreu a seu perfil no Instagram com mais de 607 mil seguidores para denunciar um episódio de racismo que sofreu de um funcionário da Baked Padaria, em Ipanema, no Rio de Janeiro.

Sarah conta que entrou na padaria e se dirigiu à mesa onde seu namorado estava sentado com os pais. Mas logo o funcionário do estabelecimento ordenou que ela se retirasse do local.

“Fui até a mesa onde meu namorado estava sentado com a mãe e o marido para pegar a chave do apartamento que estava com ele. Assim que cheguei na mesa e só consegui falar uma frase, o funcionário da @baked.padaria mandou eu sair”, iniciou Sarah.

Às lágrimas, Sarah continuou relatando o espisódio de racismo, enquanto era observada pelo funcionário do estabelecimento.

“Acabei de sofrer racismo por esse cara aqui em Ipanema. Meu namorado estava sentado com os pais, e ele me mandou sair porque ele achou que eu estava pedindo dinheiro ou perturbando eles”, disse Sarah nos Stories.

Enquanto a influenciadora fazia no Instagram, o homem negou ter pedido que ela saísse da padaria.

“Eu não consigo descrever a humilhação que eu senti sendo tratada assim na frente de todos que estavam lá, inclusive meu namorado, a mãe e o marido”, escreveu Sarah. “E olha que eu já fui cliente deles, nunca mais piso nesse lugar”, finalizou.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações do Site Mundo Negro.
Fotos: Reprodução/Instagram.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.