Marcus Rashford, de 23 anos, é um jogadfor de futebol do Reino Unido que, além de se destacar no mundo esportivo como um dos melhores jogadores do Manchester United, também foi reconhecido por seu trabalho social durante a pandemia.

Marcus, que conheceu a fome durante a infância, arrecadou mais de 20 milhões de libras (mais de 142 milhões de reais) desde o início da pandemia, ajudando a fornecer mais de 12 milhões de pratos de comida para crianças carentes no Reino Unido.

Desde que o governo inglês estabeleceu restrições para tentar impedir a propagação do coronavírus em março de 2020, muitas pessoas no Reino Unido, assim como em várias partes do mundo, foram afetadas pela crise econômica global.

Diante da situação difícil, Marcus decidiu trabalhar com uma instituição de caridade chamada FareShare, encarregada de redistribuir alimentos para ajudar pessoas carentes no Reino Unido.

Com o apoio de Marcus, a ONG FareShare conseguiu fornecer alimentos a quase 2,8 milhões de crianças através de um sistema de doações de alimentos e dinheiro, que conquistou a adesão de importantes redes de supermercados, como Asda, Tesco e The Co-Op, para pegar os alimentos excedentes dessas empresas e depois transformá-los em refeições para doar a várias instituições de caridade parceiras.

Marcus está trabalhando ativamente com várias fundações e lançando campanhas e iniciativas de ajuda social, como a que realizou no inverno de 2019-2020, liderando um movimento para ajudar a alimentar os sem-teto no Reino Unido.

Além disso, o jogador tem inspirado milhares de pessoas por meio de sua campanha ‘In The Box’, na qual incentiva os cidadãos a encher caixas de sapatos com itens essenciais para doar a abrigos de sem-teto.

Outra de suas ações sociais notáveis ​​se deu nos primeiros meses da pandemia, quando Marcus foi pessoalmente ajudar a entregar alimentos para famílias que dependem da merenda escolar gratuita no momento em que o governo inglês anunciou o fim do programa de refeições gratuitas durante as férias de verão.

Na ocasião, Marcus escreveu uma carta emocionante ao parlamento inglês, implorando que revertessem sua decisão que afetaria 1,3 milhão de crianças na Inglaterra.

Certamente um jovem com um coração enorme.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.