Algumas pessoas acreditam que, por mais complicada que esteja a situação, sempre há uma solução possível. Este parece ser o caso da estudante Fernanda Carolina Alves Cabral, de 20 anos, que, com humildade, criatividade e força de vontade, levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima.

Na manhã da última quinta-feira, dia 13, os motoristas que pararam no semáforo da Avenida Rondon Pacheco, no cruzamento com a Avenida João Naves de Ávila, em Uberlândia, se deparou com a jovem parada na faixa de pedestres segurando um cartaz, que dizia: “Eu preciso de emprego. Pode me ajudar?”

O pedido de ajuda de Fernanda foi registrado em uma foto tirada por um desconhecido. A foto foi postada nas redes sociais, e o post rapidamente viralizou. Em menos de oito horas depois do registro, ela recebeu o contato de 18 empresas e o oferecimento de um curso de inglês grátis por um ano.

Fernanda já participou de duas entrevistas em empresas de Uberlândia e contou ao G1 que ainda tem alguns agendamentos para o dia seguinte.

“Estou há três meses sem trabalhar e com dificuldades de pagar a faculdade. Enviei vários currículos pela internet e não tive nenhum retorno. Vi que uma mulher em outra cidade também foi para uma avenida bem movimentada com o cartaz pedindo oportunidade de emprego e conseguiu. Então, resolvi fazer isso também”, lembrou.

O autor da foto é o empresário Pablo Massa da Costa, de 41 anos, que passava pela Avenida Rondon Pacheco no momento em que a jovem segurava o cartaz.

“Normalmente, a gente vê pessoas com cartazes pedindo dinheiro ou vendendo alguma coisa. Eu achei que ela estava pedindo dinheiro. Mas me chamou a atenção porque estava bem vestida. Quando vi que ela estava pedindo emprego, pensei em ajudar”, comentou.

Ele tirou a fotografia e, logo em seguida, enviou a vários grupos de aplicativos de celular. “Na hora me responderam falando que iam repassar a foto para ajudar também. Fico feliz em poder ajudá-la. E é possível perceber que ela tem um grande potencial só pela coragem que teve em se expor dessa forma. Isso é muito significante”, afirmou Pablo.

Sobre a repercussão da foto e as ofertas que recebeu, Fernanda disse: “Tudo isso está sendo muito bom porque eu realmente estou precisando de ajuda. Preciso trabalhar para pagar a faculdade e também preciso de um curso de línguas para ser bem sucedida na carreira que escolhi”, concluiu.

***

Destaques Psicologias do Brasil. Com informações de: G1

Foto destacada: Pablo Massa da Costa/Arquivo Pessoal

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.