A pequena Maria Eduarda está vivendo um drama de gente grande. Aos 7 anos, ela enfrenta uma dura batalha contra a leucemia. Como é comum nesse tipo de condição, a menina perdeu os cabelos devido à quimioterapia e ficou muito triste, a ponto de não querer mais sair de casa.

A menina então fez um pedido que qualquer mãe ficaria muito triste em negra, comprar-lhe uma peruca para que pudesse novamente sentir-se bem com a própria aparência. Comovida, a mãe dela, Alessandra, não hesitou em cortar os próprios cabelos e pedir a uma amiga que fizesse uma peruca para a filha.

“Ela está muito envergonhada. Quando saíamos para o mercado, as pessoas olhavam para ela e isso a fazia se sentir mal. Quando tive a oportunidade de cortar o cabelo para fazer uma peruca, não pensei duas vezes. Eu sou capaz de tudo pela minha filha”, disse Alessandra.

Assim que soube da doença da filha, Alessandra abandonou o emprego e passou a se dedicar 100% a cuidar dela. Isso fez surgir muitas dívidas, incluindo o aluguel da casa.

Além disso, Maria só pode alimentar uma lata de leite especial por dia, que custa quase 60 reais. Por isso, a família depende das sempre necessárias doações de terceiros para sobreviver.

Dificuldades ameaçam a família, mas pelo menos agora Maria Eduarda poderá sair para passear na rua com sua nova peruca natural. Tudo graças à generosidade de sua mãe.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL e Razões Para Acreditar.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.