Devastada com o falecimento de sua filha de 21 anos, após a jovem ter sido infectada pelo novo coronavírus no Reino Unido, uma mãe fez um emocionado apelo. Segundo o The Sun, Diane Middleton afirmou que Chloe Middleton faleceu sem ter nenhuma doença pré-existente.

Através do seu perfil no Facebook, a mãe pediu que as pessoas acreditem na gravidade da pandemia. “A todas as pessoas que acham que é apenas um vírus, pensem novamente”, escreveu.

Chloe pode ser a vítima mais jovem sem doenças pré-existente a falecer por coronavírus no Reino Unido, de acordo com a publicação.

“Falando de uma experiência pessoal, esse vírus tirou a vida da minha filha de 21 anos”, continuou Diane. A família da jovem fez um apelo para que as pessoas permaneçam em suas casas, a fim de evitar a contaminação em massa.

Emily Mistry, tia de Chloe, também afirmou que a jovem era saudável. “Minha linda, de coração gentil, não tinha problemas de saúde. Meus familiares estão passando por uma dor inimaginável. Estamos despedaçados”, escreveu.

“A realidade desse vírus está se desenvolvendo na nossa frente. Por favor, respeite as recomendações do governo. Faça a sua parte. O vírus não está se espalhando, pessoas que estão espalhando o vírus”, completou.

De acordo com dados oficiais, O Reino Unido registrou 422 falecimentos e 8.077 infectados pelo Covid-19.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Vogue.
Foto destacada: Reprodução/Facebook.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.