Recentemente, a modelo e fisiculturista Vanessa Medina ganhou as manchetes na Bolívia depois de denunciar um episódio de assédio e discriminação na escola de seu filho.

Através de suas redes sociais, a ganhadora do concurso Miss Fitness acusou a mãe de um aluno da escola de seu filho de insultá-la e tirar fotos dela sem seu consentimento.

Segundo Vanessa, os outros pais estavam irritados por ela ter ido buscar seu filho na escola algumas vezes com roupas esportivas. Ela explicou que vai à academia todos os dias para treinar, por isso às vezes usa a mesma roupa para pegar o filho depois das aulas.

A modelo contou ainda que os outros pais a expuseram nas redes sociais e disseram que suas roupas são “impróprias” para o local onde ela estava. Uma dessas reclamações foi feita por uma representante da escola, que a filmou sem o seu consentimento e publicou o vídeo na Internet.

Nesse registro, a mulher, cuja identidade não foi revelada, disse em voz alta: “Pessoas assim me fazem querer mudar meu filho de escola. Nojento”.

O caso de Vanessa viralizou na internet, onde as opiniões se dividiram. Enquanto alguns usuários defendem as ações dos pais dos outros alunos da escola, outros defendem a liberdade de Vanessa para usar as roupas que quiser.

Nas redes sociais, a modelo agradeceu as demonstrações de carinho após o episódio. De acordo com ela, a outra mãe fez aquele vídeo “querendo me denegrir, se referindo a mim com tanto desprezo e expondo meu filho de 4 anos sem saber que isso é um crime”.

“Os planos dela não saíram como ela gostaria. Ela teve as piores intenções ao publicar o vídeo e me expor, se referindo a mim dessa forma (…) Sou uma mãe que trabalha. Cuido do meu filho com o maior amor do mundo”, finalizou Vanessa.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução.

RECOMENDAMOS






Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.