Desde que a pandemia de coronavírus obrigou a maior parte das pessoas a permanecerem confinadas em casa, pais e mães têm “se virado nos 30” para dar conta dos cuidados com os filhos e com a casa, além do home-office. E, naturalmente, nem sempre é possível fazer tudo da maneira que gostaríamos de fazer. Com isso vem novamente a velha conhecida culpa materna e paterna por achar que poderia estar fazendo mais.

Mas acredite, mesmo que você faça tudo o que está nos seus planos, ainda assim você se sentirá culpado, afinal, a culpa é um poço sem fundo. Para ajudar pais e mães a entender e a lidar melhor com esse sentimento, o escritor, youtuber e podcaster Thiago Queiroz escreveu sobre o assunto em sua coluna na Revista Crescer.

“Se começarmos a listar tudo o que precisamos dar conta para lidar com a quarentena dentro de casa, é fácil terminar a lista chorando em posição fetal. E isso, claro, considerando que você pode ficar em casa nesse período.”, escreveu Queiroz.

“Esse texto é para dizer a você o que devemos mesmo nos preocupar em fazer com os nossos filhos, e são três coisas apenas. Se você fizer essas três coisas, então você está fazendo um trabalho incrível enquanto pai e mãe.”.

1. Alimentação: se você se preocupa minimamente em alimentar o seu filho, em dar opções saudáveis para ele se nutrir, já está ótimo. O almoço pode até sair atrasado algumas vezes, como acontece por aqui, mas se você garante a alimentação do seu filho, perfeito.

2. Abrigo: se você consegue oferecer um abrigo para proteger o seu filho, olha que coisa maravilhosa, você já faz algo muito importante. Crianças não precisam de quartos planejados, nem mansões com 3 andares. Apenas um abrigo para se sentirem protegidos e amados.

3. Sentimentos: se você consegue ajudar, na medida do possível, o seu filho com seus sentimentos, então você está indo muito bem (e seu filho também). São momentos incertos, de muito receio e até medo, então se conseguirmos ajudar os nossos filhos a falarem sobre o que estão sentindo e se eles se sentirem acolhidos quando conversam conosco, pronto. Trabalho feito com sucesso.

Se você consegue oferecer alimentação, abrigo e ajuda com sentimentos, você está fazendo um ótimo trabalho.

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Revista Crescer.
Foto destacada: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


Compartilhar

RECOMENDAMOS




COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.