O que você faria se uma tragédia familiar de repente virasse o seu mundo de cabeça para baixo? A maioria de nós faria o que fosse necessário para ajudar, mas pouquíssimos poderiam agir com a mesma nobreza e força de espírito que a menina Jia Jia, que mora na província de Ningxia, norte da China.

A diferença entre essa história e muitas outras é que Jia Jia tem apenas 6 anos de idade. A menina passou quase dois anos cuidando do pai depois que ele ficou paralisado em um acidente de carro.

É comovente e emocionante vê-la fazer todo tipo de coisa pelo seu amado pai, Tian Haicheng. Jia Jia acorda às 6 da manhã todos os dias para massagear os músculos do pai por meia hora. Então ela o ajuda a sair da cama, escovar os dentes e lava o rosto dele antes de ir para a escola.

Ao retornar, a menina prepara o jantar do pai, o alimenta e o ajuda a se movimentar pela casa usando um guincho de mobilidade caseiro, construído com a ajuda do avô.

Quando ela está na escola, seus avós mais velhos cuidam de Tian, ​​40.

“Cuidando do meu pai, não me sinto cansada”, conta Jia Jia.

Tian ficou paralisado do peito para baixo, depois de ser atropelado por um táxi conduzido por um motorista alcoolizado em março de 2016.

Sua esposa, com quem estava casado há  7 anos, abandonou a família  apenas dois meses e meio após o acidente. Ela levou o filho mais velho com ela e nunca se ouviu falar de seu paradeiro.

“Ela me disse que ficaria na casa de sua mãe por alguns dias. Mas ela nunca voltou e levou nosso filho com ela ”, disse Tian.

Apesar disso, Tian ainda é grato por ter sua filha ao seu lado e a descreve como suas ‘mãos’.

O mais comovente é que, ao perguntar a Jia Jia se ela sentia falta da mãe, sua resposta foi bem clara: “Não, porque ela não cuidou do papai. Mas sinto falta do meu irmão. Eu costumava estar muito próxima dele.”.

Depois de perder a capacidade de trabalhar, Tian dependeu da renda dos pais, que trabalham como agricultores , para pagar as despesas de moradia e assistência médica.

Para encontrar mais ajuda financeira, ele criou uma conta em Kuaishou, um dos aplicativos de transmissão ao vivo da China, onde possui mais de 480.000 seguidores. Ele a usa para documentar o trabalho altruísta de sua filha e espera obter ajuda de estranhos benevolentes.

Felizmente, a exposição adicional levará a ajuda adequada e permitirá que Jia Jia seja uma criança normal novamente.

O que você acha do esforço dessa filha amorosa?

***
Destaques Psicologias do Brasil, com informações de Nation.
Fotos: Reprodução.

Precisa de ajuda? Conheça a nossa orientação psicológica.


*O conteúdo do texto acima é de responsabilidade do autor e não necessariamente retrata a opinião da página e seus editores.


Compartilhar

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




DESTAQUES PSICOLOGIAS DO BRASIL
Uma seleção das notícias relacionadas ao universo da Psicologia e Comportamento Humano.